quinta-feira, 17 de abril de 2014

R.I.P Gabriel Garcia Marquez



E hoje o céu ganhou mais uma estrela! Gabriel Garcia Marquez, prémio Nobel da Literatura e um dos meus escritores favoritos, deixou-nos mas para a posteridade ficará todo o seu legado, designadamente, o tão aclamado livro "Cem anos de solidão". Era um homem de causas, preocupado com os oprimidos, com a diferença gritante de classes e com uma sensibilidade extrema...a sua revolta era bem visível em cada frase, destacando-o aqui uma das mais célebres "no dia em que a merda tiver algum valor os pobres vão nascer sem cu", isto traduzindo à letra. E é bem verdade porque cada vez mais se sentem os efeitos de uma sociedade totalmente desorganizada, um verdadeiro caos, onde os ricos adoram fazer troça de quem mais precisa...esquecem-se é que tão depressa estamos no topo como, de um momento para o outro, caímos...e nesses casos as quedas deixam marcas para uma vida. Mais vale subir devagar, degrau a degrau, com paciencia, persistencia, coragem, sem nunca passar por cima de nada nem ninguem, sendo sempre nós proprios sem nunca fugir dos nossos principios e valores, e sem nunca fingir o que não somos!

Que a sua alma descanse em paz e um obrigado gigante por tudo!

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...