domingo, 29 de outubro de 2017

Pé de Chumbo - um desfiar de elegância e subtileza





Uma marca de roupa feminina da minha terra natal (Guimarães) que me deixou totalmente fascinada quando assisti, no Portugal Fashion, ao desfile da nova colecção Primavera/Verão 2018. Falo da Pe de Chumbo, da conceituada estilista Alexandra Oliveira, que se destaca pela subtileza com que trabalha matérias primas delicadas, sofisticadas, como se estivesse a desenvolver uma peça artesanal única e deslumbrante. Um entrelaçar de fios, cores e brilhos sao a imagem de marca que retive, capaz de realçar a beleza e elegância de cada mulher. Acho os modelos fantásticos num estilo inovador.


Tecidos leves, fluidos, com as tao afamadas e arrojadas transparências cativam o olhar entre cores sóbrias e outras mais vibrantes. O conforto nao foi esquecido, a par da irreverencia em vestidos que marcam a figura feminina e parecem flutuar como uma pena. Um desfiar de imagens que vou partilhar convosco (retiradas do site da Vogue Portugal) falam por si. Deliciem se.



























Um pouco da historia desta marca vimaranense espalhada pelos cinco continentes (retirada do site oficial do Portugal Fashion)





[A Pé de Chumbo é uma marca de autor criada pela designer Alexandra Oliveira logo após a sua formação e cujo significado se atribui a um nickname da sua adolescência. Situada em Guimarães, a Pé de Chumbo elabora coleções para senhora há alguns anos. A matriz distintiva é o desenvolvimento dos tecidos que utiliza nas suas criações, num processo que junta conceitos artesanais com a pesquisa de novas soluções de aplicação.






Desde 2007 que participa em feiras de moda internacionais quando fez a sua estreia na SIMM, Madrid. Seguiu-se Paris na WHO'S NEXT, onde continua a expor, angariando novos clientes e mantendo outros desde essa data. Surgem outras feiras, noutros mercados: CPD em Düsseldorf; MIPAP em Milão; SCOOP e PURE LONDON em Londres; COTERIE e EDIT em Nova Iorque; TOKYO FASHION em Tóquio; TRANOI em Paris. Analisadas estas experiências, surge a seleção das exposições mais indicadas para o seu segmento de mercado e conceito da marca: TRANOI e WHO'S NEXT em Paris e a EDIT em Nova Iorque.






Em Itália, após a primeira apresentação em Milão, foi convidada a integrar o grupo de marcas presentes no ELISA GAITO, um dos showrooms mais conceituados daquele país e presente na semana de moda de Milão. A Pé de Chumbo mantém a sua presença neste conceituado certame há quatro estações, melhorando sempre os resultados e fidelizando clientes.






Ao lado de grandes marcas e costureiros, a Pé de Chumbo está atualmente presente em mais de 100 lojas, dispersas por vinte e cinco países nos cinco continentes. Itália e EUA são as nações onde a marca possui mais pontos de venda e a Turquia é o seu maior cliente]

terça-feira, 24 de outubro de 2017

E se as tuas preocupações fossem como uma mão cheia de sal?

Porque para todos os problemas há sempre uma solução e o segredo é não desesperar mas sim agir, com fé e esperança, vou partilhar convosco uma história inspiradora, que já me ajudou imensas vezes:





Um dia, o Mestre ao ver que o seu jovem aprendiz se encontrava num estado de profunda tristeza, pediu-lhe que que colocasse uma mão cheia de sal num copo com água e a bebesse.
-Como te sabe? – Perguntou o Mestre.
-Muito mal! – Disse o aprendiz.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que agarrasse agora as duas mãos cheias de sal e levou-o para perto de um lago.
Os dois caminharam em silêncio, e que ando chegaram, disse ao aprendiz para atirar o sal para o lago. Então, o velho Mestre disse:
-Bebe um pouco dessa água’.
Enquanto a água escorria pelo queixo do jovem, o Mestre perguntou:
-Como te sabe?
-Muito bem! – Disse o aprendiz.
-Sentes o gosto do sal? – Perguntou o Mestre.
-Não!- disse o jovem.
O Mestre sentou-se ao lado do seu jovem aprendiz, agarrou a sua mão com força e disse:
-A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando sentires dor, a única coisa que deves fazer é aumentar o sentido de tudo aquilo que está à tua volta: Dá mais valor ao que tens do que ao que perdeste.
Por outras palavras: Deixa de ser um copo e torna-te um Lago!



sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Suspiros...



No silêncio da noite

a alma fica em paz

os olhos se fecham

cansados do tanto faz.


O pensamento viaja

sem destino traçado

tudo surge ao acaso

nada está marcado.


Sentada no jardim

aprecio o intenso luar

peço a luz divina

força para lutar


Nesta selva diária

o silêncio é letal

mas a única solução

para lidar com o mal


Todos se comem vivos

arrotando santidade

são seres moribundos

veneram a vaidade


Na pele de um cordeiro

disfarçam a sua verdade

mostram o que não são

descobre se a falsidade


Há os justos e corretos

que ainda estendem a mão

esses temos de conservar

com a força do coração


Susana Cardoso

20 de outubro de 2016

BIC com #hashtags

A marca de isqueiros mais icónica do mundo acaba de lançar a coleção #HASHTAG, composta por oito modelos originais e coloridos.


A nova coleção da BIC® dispõe de vários hashtags diferentes, tais como #temdono; #tiraamão; #éparadevolver; #nãomexe; #usaoteu; #compraum; #nãoempresto e #esteémeu, para partilhar nas redes sociais e no Facebook oficial da marca, O Meu Isqueiro BIC.
Segundo a BIC®, quase 80% dos seus consumidores compra um isqueiro porque perdeu ou alguém o levou “por engano”. A quem nunca aconteceu? Com a linguagem universal a assumir-se cada vez mais digital, a marca desenvolveu uma linha exclusiva de isqueiros com hashtags especialmente concebidos para começar a “pôr no lugar” os amigos “distraídos” que levam o seu isqueiro “sem querer” em cada encontro para café ou copo.

Chuva de meteoros para ver amanhã


Este sábado terá lugar o período de atividade máximo e mais alargado da chuva de meteoros Oriónidas.
De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, esta chuva de meteoros é resultado de detritos deixados pelo cometa Halley, o qual passou pela última vez na Terra em 1986. Aproveite então a noite de sábado para se afastar da cidade, fazer um pequeno retiro e, assim, admirar todo este espetáculo. Uma óptima sugestão para relaxar. Caso não lhe seja possível tem até dia 7 de novembro para observar este fenómeno.  

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Como se livrar das más energias

Seja qual for a nossa religião, crença, ideologias, ninguém pode ficar indiferente ao facto de o universo estar envolto em energias, canalizadas por vários meios, e nós próprios, como habitantes do planeta Terra, absorvemos, de forma mais ou menos intensa, tudo aquilo que é emanado por alguém ou por determinado espaço. Um dos segredos para tentarmos bloquear esses fluxos energéticos passa por pensar positivo, meditar, orar, chamar o nosso anjo da guarda..uma mente forte muito dificilmente se deixa abalar.


Qualquer um de nós já deve ter sentido uma forte dor de cabeça momentânea, um mal estar repentino, uma sensação inexplicável de querer "fugir" de certo lugar, um aperto no peito...estes são sinais enviados pelo nosso corpo como uma espécie de alerta que são mais profundos para os chamados seres "sensitivos". Estes são como uma esponja que por onde passam absorvem tudo e, depois, é necessário fazer uma limpeza espiritual porque, caso contrários, os sintomas permanecem e podem tornar-se mais complexos. 

Isto sem esquecer os chamados "vampiros", aqueles que forma consciente ou inconsciente, sugam-nos a nossa energia. Quando estamos frente a frente com essas pessoas ficamos de tal forma em baixo que parece que estamos noutra dimensão, quase como a flutuar no tempo e espaço. Um conselho que posso já deixar quando vocês estiverem nesta situação é cruzar firmemente os braços junto ao peito, fechando, assim, um dos chakras mais sagrados e impedindo a entrada de más energias no nosso corpo. 


E para neutralizar isso e muito mais deixo aqui algumas ficas preciosas:

Limpeza do espaço físico
-  Um dos primeiros passos passa pela limpeza física do ambientes. Doar o que estiver em bom estado. Jogar fora o que não serve mais. Abrir as janelas areja o local. Luz solar e ar puro são aliados nessa higiene espiritual. Isso vale para nossa casa e ambiente de trabalho. Aproveite para rezar uma Ave Maria, um Pai Nosso ou os salmos 54 ou 96 enquanto faz a limpeza. Você pode fazer as limpezas diariamente.

Limpeza com arruda 
- Passe no seu corpo um ramo pequeno de arruda. Faça movimentos leves, passe a planta pela cabeça, testa, peito e na região do estômago. A limpeza dura 10 minutos. No final, coloque o ramo no lixo.

Limpeza com sal grosso
- É uma técnica de imersão. Dissolva 2 ou 3 colheres de sal grosso num litro de água mineral, sente-se num local confortável e mergulhe seus pés. Feche os olhos, respire fundo, eleve seus pensamentos e sentimentos. Fique assim por 15 minutos. Deite a água com sal na sanita. Também pode limpar qualquer divisão da casa com essa mistura. Faça essa limpeza uma vez por mês.

Limpeza com anil
- Pode ser usado anil em pedra, pó ou líquido. Coloque uma colher de sopa para cada dois litros de água. Molhe um pano com essa mistura e passe no chão, janela, azulejos, gavetas, batentes de portas. Faça a limpeza com anil uma vez por mês.

Limpeza com respiração
- Respiração profunda remove as más energias espirituais. Sente-se ou deite-se confortavelmente, respire calma e profundamente por vinte vezes. A expiração deve ter o mesmo tempo da inspiração. Caso sinta tonturas, reduza a intensidade da respiração. Mas, não há motivo para pânico. É a super oxigenação do sangue e do cérebro a funcionar.

Outras dicas de limpeza espiritual

- Água benta: Borrife diariamente em casa ou no trabalho.
- Incensos: Os de arruda, cânfora, sete ervas e sal grosso são os melhores. Podem ser usados diariamente.
- Alfazema: Essência ou perfume. Coloque um pouco de alfazema e água benta num borrifador. Utilize todos os dias.
- Defumação: Higiene espiritual mais potente. A defumação deve ser feita uma vez por semana.  Utilize defumadores triangulares, facilmente encontrados em produtos religiosos. 

Para afastar energia negativa no trabalho

Deixe na sua mesa flores amarelas ou vermelhas para atrair a energia da riqueza.
Coloque uma foto sua com a pessoa amada no canto superior direito da mesa. Um par de anjos ou gatos também chama harmonia.
Tenha um pequeno espelho em sua mesa. Coloque-o na direção do sugador de energia.
Ande com um patuá com pingente de pimenta, olho grego, o cristal do seu signo, uma turmalina negra e um trevo de quatro folhas. Amarre tudo com uma fita amarela e uma vermelha.
Se possível, tenha vaso de alecrim, arruda e pimenta no ambiente de trabalho. Espada de São Jorge e comigo-ninguém-pode também são plantas boas para afastar energia negativa

Morar ou trabalhar em lugares com energia negativa é um atraso na nossa vida. Não conseguimos fazer nada, uma força puxa-nos para baixo. A vida profissional fica estagnada. A pessoa ou não consegue emprego, ou vive uma rotina stressada na empresa. Sem contar com os conflitos que são constantes. Quando estamos fragilizados, os sugadores de energia encontram o que precisam para se alimentarem.

Água benta, incenso, sal grosso e plantas. Tudo isso são elementos conhecidos por quem estuda a influência dos maus espíritos. Porém, todas as dicas que acima referi somente fazem efeito se você estiver em comunhão com Deus. Ore sempre.

Vigie seus pensamentos, mantenha sua casa ou ambiente de trabalho limpo e organizado, faça limpezas espirituais e ore. Dessa forma, as energias serão sempre positivas.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Portugal não está a arder, está a ser queimado!

Esta frase que alguém escreveu no facebook traduz tudo aquilo que me vai na alma perante o inferno de chamas que deflagra no nosso país desde ontem. "Portugal não está a arder, está a ser queimado"! Concordo plenamente porque só a mão criminosa de monstros que lucram com toda esta tragédia é capaz de ativar mais de 500 focos de incêndio por todos os distritos, à excepção de Beja e Faro, os únicos que escaparam a este inferno. Só peço que as autoridades investiguem a fundo, tenham mão pesada sobre os criminosos. Mudem a legislação. Façam-nos pagar bem caro por todo o mal que provocaram e vão continuar a provocar caso nada seja feito. E também não nos podemos esquecer das alterações climatéricas. Agora já não temos quatro estações. Ou está muito frio, ou está muito calor. Já não há fases intermédias para nos adaptarmos. Temos de acompanhar esta evolução, para muito pior como é óbvio. E prevenir. Sempre!




Perante tudo o que li, tudo o que ouvi só me apraz dizer que a culpa não é deste ou daquele governante mas sim de todos os que por lá passaram. Não são as demissões que vão trazer soluções. O problema da reflorestação já se arrasta há décadas. Lembro-me de haver guardas florestais a vigiarem no terreno, de ver as matas limpas...e agora? Acabaram-se com estes focos de vigia, o mato acumula-se por todo o lado, a maioria das pessoas são negligentes e inconscientes porque não cuidam dos seus terrenos (tenho um vizinho que no sábado passado estava a fazer uma queimada ao lado de minha casa) e em tempo de seca extrema só poderia dar nestes resultados.
É muito triste, desolador, assistir a estas tragédias. Gente que ficou sem nada. Vidas que se perderam. Desde 2000 que já morreram mais de duas centenas de pessoas em incêndios. Isto dá que pensar e reforça o que venho a dizer: este problema não é de agora, vai arrastando-se pelo tempo e há que tomar medidas a vários níveis, sobretudo no que toca a penas pesadas para os monstros que ateiam fogos, sem nunca esquecer a prevenção, consciencialização das pessoas e muitos mais meios no terreno.



Ontem estiveram mais de sete mil operacionais no meio das chamas num país com quase todos os distritos em alerta vermelho. Os soldados da paz fazem o possível e o impossível com os escassos meios que têm ao seu dispor. "Vida por vida". Este é o seu lema. São os verdadeiros heróis a quem eu faço uma grande vénia. Mas não se lembrem deles apenas nestas alturas. Devemos ajudá-los durante todo o ano. Fazendo, assim, a nossa parte. Começando, quem sabe, por nos tornarmos sócios das corporações das nossas terras. As grandes superfícies podem distribuir pelos quartéis bens essenciais para acautelar estes momentos. Hoje por eles, amanhã por nós.
A terminar deixo o meu abraço fraterno a quem passou por este inferno e muita luz para todos os que partiram!


quinta-feira, 24 de agosto de 2017

A vida é capaz de nos surpreender

Hoje venho falar de um tema comum a muita gente e com isto pretendo demonstrar que de facto quando menos esperamos a vida é capaz de nos surpreender da melhor maneira possível.
No que toca a amizades sabemos bem que o mais importante é a qualidade, algo quase em via de extinção, mas ainda existem pessoas que fazem tudo valer a pena. Este Verão, e a passar por um período muito conturbado, posso dizer que fui presenteada com uma verdadeira dádiva de Deus, a ajudar a amenizar as coisas menos boas e a ter mais a certeza de que há laços para a eternidade.

Nunca fui muito tempo de "colecionar" amigos pois sei que tenho mais conhecidos, aliás como muitos de nós. Amigo para mim é uma palavra muito forte, não se pode dizer em vão e há que passar pelo cabo das tormentas para saber quem são os verdadeiros. Felizmente tenho duas amigas há mais de 20 anos, já dos tempos da faculdade, e apesar da distância física há uma ligação inexplicável: elas estão lá e eu estou aqui. Somos ligados pelo poder do amor puro e verdadeiro. Amo-as como se fossem minhas irmãs e por elas faço tudo pois sei que do outro lado há o mesmo sentimento.



Na semana passada, e depois de muito tempo de conversas muito agradáveis no facebook, tive a possibilidade de conhecer pessoalmente uma irmã de coração. A essência, o caráter, os valores, a simpatia tudo estava lá, tal como eu previa. E que emoção meu Deus! Sentimos de imediato que toda a empatia criada através das redes sociais se confirmou e fortaleceu-se de uma forma inexplicável. Conheci uma família linda, num verdadeiro hino ao amor. Ganhei uma mana para a vida, um cunhado e dois sobrinhos lindos e maravilhosos.

A despedida custou horrores porque estaremos separados por um oceano mas o sentimento ficou e a certeza que é por estes seres humanos radiantes, cheios de luz, que a vida continua a valer a pena. Dissemos um "até amanhã" porque moramos no coração uma da outra e um dia somos nós que lá vamos encurtar a distância geográfica.

Por isso digo: há pessoas mesmo muito especiais, a quem nos entregamos de alma e coração, e que chegam para enriquecer os nossos dias. Continuo a acreditar na sociedade e momentos como este superam todas as desilusões já vividas. Obrigada Deus por os teres colocado no nosso caminho. Aqui ficam para sempre!

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Aproveitem a promoção literária

Para pessoas que, tal como eu, adoram ler mas acham uma exorbitância o preço dos livros (depois queixam-se que as pessoas não lêem quando mesmo em feiras de livros nos deparamos com preços a rondar os 10, 15 euros por obra), nada melhor do que aproveitar a promoção da revista Lux. Por apenas 3.99€ podem adquirir títulos bastante interessantes....façam como eu que, de uma assentada, comprei dois e já comecei a minha primeira leitura intitulada "Maria Madalena - biografia" de Bruce Chilton. Posso dizer que estou a adorar e a devorar cada página, indo de encontro à minha teoria de que esta mulher teve um papel determinante no cristianismo.




quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Wonder Laces - mais um exemplo do que bem se faz em Portugal





Nasceu para dar uma nova vida às sapatilhas que temos em casa, desafiando - através de aplicações - a criatividade e o estilo pessoal de cada um, de uma forma simples e económica. Chama-se WONDER LACES e é a primeira empresa portuguesa a dar resposta a uma nova tendência de moda estilizada.
WONDER LACES tem à frente Madalena Ruão Garcez, fundadora e gestora da marca que criou em Março deste ano. A responsável explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A WONDER LACES surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica.
Atacadores, franjas, palas, pompons de várias cores e feitios estão entre as aplicações que a marca vende através da sua loja online. São acessórios para todos os gostos e estilos que permitem a cada pessoa personalizar o seu visual, seja ele mais arrojado, desportivo ou clássico. “São muitas as opções disponíveis: desde cordões estampados, com diversos desenhos, passando por franjas, palas e pompons coloridos, até aplicações com temas ou brilhantes. Temos uma grande variedade de acessórios facilmente adaptáveis e que se enquadram em qualquer look, sport ou sport chic, ora mais glamouroso ou mais conservador, ora mais feminino ou mais masculino, refere Madalena Ruão Garcez.
Atualmente, a WONDER LACES já conquistou a recomendação e o reconhecimento de mais de 20 conceituados bloggers e reputadosinstagramares nacionais, entre outras figuras públicas. A marca tem investido numa comunicação de proximidade com os clientes, através das redes sociais e tem participação em vários eventos relacionados com novas tendências, inovação e moda, nomeadamente, feiras de fashion e urban market. A nossa estratégia, até ao final de 2017, é criar vários pontos de vendas em território nacional,revela Madalena Ruão Garcez, sublinhando que “é neste sentido que estamos a trabalhar, a WONDER LACES é uma marca que nasce do Porto para o País."
Para informações adicionais consultar
https://wonder-laces.shopk.it/
Para mais informações contacte

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Amuletos e seu significado


Desde a Antiguidade que o Homem usa amuletos de proteção, cada um com a sua simbologia própria. Existem inúmeros, com as suas propriedades particulares mas uma coisa que nunca se podem esquecer é de os energizar, caso contrário não funcionam na perfeição. 
Para isso basta passá-los por sal grosso em água corrente, deixa-los durante a noite a apanhar a energia da lua e, no dia seguinte, a luz do sol. Depois é usar de acordo com as necessidades, sem nunca deixar que ninguém lhes toque para não os "contaminar" com más energias.
Aqui seguem alguns exemplos:



Elefante: muito usado para atrair riqueza e prosperidade. Algumas pessoas trazem-no na mala ou porta-chaves. O mais comum é ter em casa ou trabalho sobre a mesa. Em geral, ficam de costas para a porta de entrada, pois dizem que nesta posição atrai sorte.

Figa: é um dos amuletos de proteção mais usados em todo o Mundo, diz-se que começou por ser usada pelos Romanos e pelos Etruscos, que a associavam à fertilidade e que a usavam, principalmente as mulheres e as crianças, para garantir a saúde. Em italiano é chamada "Mano Fico", sendo que mano significa mão e fico significa figo, e a figueira é uma árvore associada à fertilidade e aos órgãos sexuais femininos. Com a chegada do Cristianismo, a figa deixou de ser associada à fertilidade, pois o corpo deixou de ser visto como uma coisa bela, passando a estar associado ao pecado. Por representar um "gesto feio", a figa passou a ser usada como uma armadilha para atrair as atenções do Diabo, que não resistiria a olhar por ser atraído para tudo o que era obsceno. Dessa forma, a pessoa que usasse uma figa consigo estaria a salvo, pois o Diabo olharia para a figa e não para ela. Assim, os cristãos passaram a usar a figa como uma forma de se protegerem de todo o mal e por essa razão este amuleto tornou-se tão popular, afastando o mau olhado, a inveja e todas as energias negativas que sejam lançadas sobre a pessoa que traz a figa.

Sol: é um dos símbolos universais de prosperidade, sorte e protecção. Em muitas culturas, o sol simbolizava a vida, as divindades e o ouro. Ter um sol sempre à vista, representa ter luz no ambiente.


Peixes: para os orientais é um símbolo de riqueza e abundância. Podem também significar fertilidade.

Lua: é uma figura que traz protecção e amor. Pode ser usado em quadros, tecidos, ou como pingente
Pomba: símbolo da paz. Ter dentro de casa uma estatueta com este pássaro é trazer tranquilidade para família. Para muitos, é um símbolo de espiritualidade.
Moedas da sorte: representam riqueza e bens materiais. Atraem bons negócios e prosperidade. É muito comum ter em casas orientais três moedas chinesas presas no meio por um cordão vermelho.

Buda: a imagem de Buda é símbolo de fortuna, paz e felicidade. Entre as várias imagens de Buda, existe uma que é conhecida como Buda da riqueza, aquele que está sempre a sorrir. Este Buda deve ser colocado num pires com moedas ou arroz. Irá atrair sorte, fortuna e alegria.

Olho Turco: usado como talismã de protecção contra o olho gordo. Para muitos, pode ser usado para atrair sorte

Olho de cabra: são sementes de uma árvore, usadas para afastar inveja e atrair sorte.

Trevo de quatro folhas: é um dos símbolos mais antigos para atrair boa fortuna. Dizem que quem acha um trevo de quatro folhas terá sorte eterna.

Fita do Senhor do Bonfim: originário da Bahia, a fita do Senhor do Bonfim é usada por todos para atrair sorte e aquilo que for pedido nos três nós que são dados enquanto prendemos a fita no braço. Dizem que tem mais força quando nos é oferecida.


Estrela de David: é uma estrela de seis pontas que usada junto ao corpo ou em casa atrai a protecção e a prosperidade.
Ferradura: muito usada atrás das portas de residências e comércio para atrair sorte e cortar com a negatividade.

Sapo da fortuna: muito usado para atrair riqueza. É claro que existem muitos outros símbolos de sorte. Use aqueles que você realmente acredita que irá atrair sorte para você e sua vida. 

Infinito: O oito deitado é o símbolo do infinito, do que não tem princípio nem fim. Significa também esplendor, plenitude, grandeza, imensidade, infinidade. Psicologicamente é o momento da consciencialização de que o EU SOU Deus, isto é, Ser, Vida, Consciência. Significa que está a evoluir, a avançar para Deus.

Om: o som Om é considerado pelos Hindus como o mantra mais poderoso e sagrado. Considera-se o som primordial da criação do Universo, que contém todos os sons, palavras, linguagens e mantras. Considera-se ser a raiz do Universo, que continua a manter tudo unido.

Mão de Fátima: símbolo de poder, força e protecção. A mão representa os 5 pilares do Islão, e o nome Fátima vem da filha de Muhammad, Fatima Zahra, que para os Muçulmanos é considerada santa e sem pecado, tal como a Virgem Maria para os Católicos.

Chave: as chaves representam a união entre o Céu e a Terra, pois relacionam-se com a autoridade da Igreja católica, e a capacidade de unir e absolver dos pecados. Muitas religiões utilizam este símbolo para favorecer situações que envolvam mudanças.







segunda-feira, 1 de maio de 2017

Os "duas caras"

Pior do que a crise económica é a tremenda crise de valores...isto é que eu já digo há mais de um ano e, cada dia que passa vou tendo provas de que a sociedade está mesmo no abismo...não pelas dificuldades financeiras (porque mais cedo ou mais tarde isso vai-se resolvendo) mas sim pelos princípios, carater e ideais que vai perdendo...o bom disto, se é que há alguma coisa de boa nisto, é que as máscaras não duram para sempre e chega a uma altura em que caem! Então aí vemos quem na realidade são esses seres que se pavoneiam por esta sociedade, armadas em santas, e, bem lá no fundo, valem zerooooooo!
De minha parte merecem o meu total repúdio e desprezo...mas esquecem-se de uma coisa...a lei do karma, a lei do retorno...porque tudo o que desejares ou fizeres de mal a alguém um dia cai em ti a triplicar...cá se fazem cá se pagam e como Deus onde está não dorme um dia vão sentir na pele todo o veneno que destilam por mim, pensando que os outros andam a papar sono ou nasceram ontem. O mal é que muita boa gente, como eu, não deixa que lhe atirem areia para os olhos e topo logo esses seres mesquinhos a quilómetros de distância...
Coitados dos que pensam que vão chegar a algum lado tentando espezinhar ou passar por cima de alguém...até o podem conseguir mas tão depressa sobem como tão depressa caem...e a queda é de tal forma brutal que até ficam "banzadas"! Gente de duas caras é o que não falta neste mundo e nós para nos protegermos, e também para bem da nossa sanidade mental, o melhor mesmo é dar ao desprezo, tentar ignorar, e entregar tudo nas mãos d'ELE...aquele que tudo vê, que é omnipresente...e na altura certa far-se-á a justiça divina!


O desafio da Preguiça Azul

Com a Internet a ser cada vez mais responsável pela criação de verdadeiras ondas de perigo e de casos de bradar aos céus, como a "Baleia Azul", cujo mentor já foi detido pelas autoridades e acho que na prisão já lhe acertaram o passo, levando ao suicídio de centenas de adolescentes pelo mundo, achei bem propositado a criação do desafio da Preguiça Azul para ver se os nossos jovens abrem bem os olhos, conseguindo distinguir os focos de perigo, não entrando em esquemas e jogos tão parvos e perigosos.


Feliz pelo Aves de antigamente...

Com carteira profissional de jornalista durante 15 anos, quase toda a minha vida foi dedicada ao universo do futebol, como jornalista desportiva, criando aqui e ali laços que perduram no tempo e amizades que ainda conservo. Portista de alma e coração tenho também clubes pelos quais aprendi a nutrir um carinho e respeito como é o caso do CD Aves, clube recentemente promovido à Liga NOS. Acompanhei de perto as últimas duas subidas, foi a autora do livro de comemoração dos 75 anos do clube e lá trabalhei como Assessora de Imprensa, tendo sido a responsável pelo renascimento da página no facebook e a criação do site oficial. Dois desafios aos quais me entreguei de corpo e alma, e que terão a minha marca para a eternidade. Por circunstâncias adversas, que nem vale a pena falar porque é uma perda de tempo, só tenho uma coisa a dizer: os homens passam mas o clube fica. Tenho saudades do Aves de antigamente, com pessoas dedicadas e genuínas, respeitadores, que vestiam e amavam aquela camisola, e que não o viam apenas como um negócio e uma fonte de receitas.
Mas este é o sinal dos tempos modernos e temos de saber lidar com eles.



quinta-feira, 27 de abril de 2017

Um mistério chamado vida

A vida, esse dom precioso, acaba por se tornar um grande mistério pois o segredo não está em viver mas em saber viver. Só que as circunstâncias atuais tomam conta da nossa mente, sem deixar quase espaço para respirarmos. Chega a um ponto em que pensamos: mas eu vivo para pagar contas???
Sim, é verdade. As responsabilidades que temos são para cumprir e, quem é sério e honesto, sabe que no final de cada mês tem de assumir os seus compromissos. Pataca ganha, pataca gasta...lá diz o sábio povo....pois quem não nasceu num berço dourado sabe bem o que são dificuldades, numa luta constante e diária para conseguir sobreviver. No meio de toda esta tormenta acho que temos de parar para pensar e não nos deixarmos aprisionar pelas escolhas que fizemos no passado ou no presente, que em muito podem, e vão, condicionar o nosso futuro. Temos de encontrar um tempinho para nós, para os nossos, para respirarmos ar puro, contatar com a natureza, apreciar a beleza das coisas simples e natuais, sem nos deixarmos afogar nesta amálgama de responsabilidades e mais responsabilidades. Somos mulheres, homens, filhos, filhas, pais, mães, tios, tias, madrinhas, padrinhos, empregados ou patrões...mas acima de tudo somos seres humanos e esta vida é uma mera passagem. Temos de aproveitar aqueles pequenos instantes para inspirar e expirar, libertar o stress diário porque, caso contrário, é a vida que passa por nós, enquanto somos meros espetadores. Sejamos sim os autores da nossa história, com papel ativo para bem na nossa sanidade mental.


sábado, 4 de fevereiro de 2017

Saudações ao amor



Numa sociedade cada vez mais oprimida e receosa quanto ao futuro, inundada diariamente por notícias deprimentes quanto ao estado da Nação, o amor é a maior força do mundo capaz de nos manter vivos e fortes para superarmos cada obstáculo que nos surja pelo caminho. 

É a esse sentimento que nos devemos agarrar com toda a valentia porque, por mais cortes que nos façam e mais medidas de repressão que sejam aplicadas à vida de cada um de nós, a força do amor ninguém nos pode tirar. 

Quando puro, verdadeiro torna-se na estrela mais cintilante do universo, transforma todo o nosso ser, alimenta a nossa alma e faz-nos sentir as pessoas mais felizes do mundo.
Aqui refiro-me a todas as manifestações de amor; entre marido e mulher, que sejam duas forças unidas para sempre, casais de namorados que transmitem carinho e paixão por onde passam, amor pelos pais, os belos seres que nos deram à luz e que já gostavam de nós antes de nascermos, pelo prazer de viver, pelos irmãos de sangue ou de coração, amigos verdadeiros, idosos que são um poço de sabedoria e devem ser sempre tratados com toda a dignidade, familiares pelos quais sentimos uma forte empatia, animais que, tal como as crianças, são dos seres mais puros do mundo e nos fazem acordar com um sorriso e apreciar um simples gesto de afeição. 



Amor pelo esplendor da natureza, pelas flores que invadem os jardins na Primavera, por um simples pôr-de-sol, pelo cheiro da maresia, o prazer de captar com a objectiva pequenos instantâneos do dia-a-dia, sentir uma suave brisa no rosto, ouvir uma música bem relaxante ou mais mexida, de acordo com o nosso estado de espírito…enfim amor por pequenas coisas que nos fazem renascer, dar valor a cada dia e darmos graças a Deus por termos sido contemplados por esse belo sentimento.

Claro que só um coração aberto pode ser invadido por essa química especial, sendo capaz de dar e receber, transformando-nos em guerreiros de luz, coragem e esperança num futuro cada vez melhor. Por isso, não se esqueçam de diariamente dar saudações ao amor…e não só no dia dedicado a São Valentim.


Só assim, vão conseguir dar o real valor a pequenos gestos, simples atitudes, relegando os bens materiais para segundo plano. É bom ter estabilidade financeira mas se não houver amor nos nossos corações somos seres tristonhos que apenas passam pela vida sem a saber viver em toda a sua plenitude. 

Sorriso nos lábios, coração ardente, vontade em triunfar, coragem para subir à mais alta das montanhas, lutar com garra pelos nossos sonhos, sermos fieis aos nossos princípios e crenças, não nos deixarmos influenciar pelas opiniões alheias, sermos nós próprios em qualquer circunstância….esse sim é o lema!!!

AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...