terça-feira, 29 de julho de 2014

Animais, os nossos melhores amigos!


"Quando eu olho nos olhos de um animal eu vejo um ser vivo. Eu vejo um amigo. Eu sinto uma alma", esta frase é magnífica para descrever o meu amor incondicional por estes seres lindos e puros mas acrescentaria "eu vejo um elemento da minha família que sei que estará lá sempre para mim, nunca me vai atraiçoar e vai-me amar para todo o sempre tal como eu o amo"!

Pois é, quem me conhece sabe desta minha paixão pelos nossos amigos patudinhos e não é à toa que tenho a família mais linda e unida do universo, num lar onde se respira amor, harmonia e muito carinho, o que nos ajuda a ultrapassar cada obstáculo. Além dos meus pais e do meu maridão tenho o meu Duque, a Nina, a Kika, o Kiko, o Maurício, o Afonso, o Raboto, a Ruivinha, a Maria, a Isis e a Iris, entre cães e gatos, que tornam a nossa casa um verdadeiro aconchego. Tenho autênticas máquinas de fazer ronrons (o quanto eu gostooooo), de dar beijinhos, turrinhas, lambidelas...são todos uns queridos, os meus fofinhos, os meus tesouros...e cada vez mais que interajo em eles digo alto e bom som "cada vez que conheço as pessoas mais gosto dos meus animais e de todos os que existem à face da terra".

Nem imaginam como é tão bom depois de um dia stressante de trabalho estar na brincadeira com eles ou entao esticar me no sofá na sua companhia...as minhas gatinhas adoram nanar connosco, tal como o meu cão...é das melhores sensações no mundo sentir estes laços inquebráveis, verdadeiros, únicos...porque eles sim são os nossos melhores amigos deste mundo...estão lá sempre à nossa espera...amam-nos incondicionalmente, dão-nos tanto miminho e carinho que tentamos retribuir sempre a dobrar ou a triplicar!

Se pudesse acreditem que tinha muitos mais e o meu sonho era possuir uma grande quinta onde pudesse acolher todos aqueles que infelizmente são abandonados à sua sorte por verdadeiros monstros mas, agora, finalmente, esse crime hediondo é punível por lei...continuo a achar que a pena é leve demais...só que já é alguma coisa para quem tem coragem de cometer tal crueldade, já para não falar dos maus-tratos. São coisas que não me entram na cabeça e não consigo compreender...mas o ser dito humano é capaz destas e outras atrocidades contra seres indefesos, só demonstrando toda a negridão que vai na sua alma.

Como voluntária numa associação de animais deparo-me com casos que me deixam de coração destroçado mas pelo menos fazemos tudo o que está ao nosso alcançe....esta e todas as outras associações espalhadas pelo país merecem o meu aplauso de pé porque o trabalho que fazem é fenomenal! Pena que não tenham as ajudas necessárias pois são verdadeiros anjos de luz como eu lhes costumo chamar...um bem haja para todos os voluntários deste país que vêem nos animais um ser extraordinário e os acolhem como membros da sua família!

Havaianas as minhas melhores companheiras do verão



Para mim no verão nada melhor do que enfiar o chinelo no pé e viva a liberdade de movimentos....chinelo, neste caso, significa as tão afamadas havaianas. Tenho-as em várias cores (brancas, douradas, azuis, castanhas, pretas) e não as dispenso por nada deste mundo. Então quando se trata de uma ida à praia é a melhor solução...e até mesmo no trabalho, que no meu caso é passível de usar roupa super descontraída, também não as dispenso por nada deste mundo. Além de super confortáveis combinam bem com vários looks, quer seja uns calções, umas calças estilo Harém, um vestido, calças de ganga, etc.....e como eu sofro muito dos pés e estou proibida de usar tacões altos (confesso que isto nem me chateia nada porque já sou alta, 1.70 m, e sempre dispensei os tacões altos, até mesmo aqueles em cunha, ditos mais confortáveis) por causa dos meus problemas na coluna este é o meu calçado predileto no verão e, por isso mesmo, uma das minhas melhores companhias.
Também no que toca a sandálias só mesmo daquelas rasas e, agora, no mercado não falta variedade....há tanto por onde escolher...e claro não posso esquecer os meus ténis, que utilizo no verão e inverno! Tudo em nome da saúde e bem-estar!

Promoções e descontos em cartão no E' Leclerc







Rowne - tudo a menos de 25€



A partir de hoje e até dia 4 de agosto através da página oficial da Rowne podem adquirir várias t-shirts e calções de ganga e de praia por menos de 25 euros. Mais uns dias de descontos especiais nesta página que tem artigos lindíssimos...destaco a camisola cor-de-rosa Dior, um must have, digo eu....calções já não sou muito fã...mas t-shirts e túnicas adorooooo! Aproveitem, visitem e pesquisem tudo....vale mesmo a pena!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Maquilhagem---- início da era das texturas

Encontrei esta entrevista num site brasileiro com Nicolas Berreteaga, top make up artist da Dior e aconselho a ler! Fala sobre um novo boom na maquilhagem, à qual a própria marca já aderiu, onde a cor passa a dar lugar à textura através de novos delineadores de olhos a lembrar a década de 60, onde o relevo assume uma outra importância!



Por Anna Paula Buchalla

É o fim da era das cores e o início da era da textura. Assim Nicolas Berreteaga, top make up artist da Dior para a América Latina, define o momento atual da maquiagem. Nicolas faz parte do seleto worldwide team de maquiadores da marca, mas é, antes de tudo, um caçador de tendências em todo o mundo. Ele é peça-chave na definição de quais serão os novos produtos. Nicolas também é presença certa quando se trata de fazer o look de atrizes nos tapetes vermelhos (já maquiou Catherine Deneuve, Marion Cottillard, Natalie Portman e Olivia Palermo, entre outras) e nos backstages das semanas de moda (seu próximo destino é a China). De passagem por São Paulo para um editorial de beleza que estará nas páginas da edição de setembro da Harper’s Bazaar, Nicolás concedeu a seguinte entrevista:

Bazaar: Como você define a relação atual das mulheres com a maquiagem?
Nicolás: Hoje o que noto é que as mulheres estão mais cosmopolitas, se atrevem um pouco mais. Com um único clique no Instagram e você pode ver o que o mundo está usando, ainda a tempo de usar aqui também. Um exemplo disso é o BB Cream, que teve origem na Coreia do Sul e, uma vez descoberto do outro lado do mundo, fez com que a indústria corresse atrás da formulação do produto. Foi quase uma exigência das consumidoras. Um fenômeno global.

Bazaar: As referências também se tornaram mais acessíveis?
Nicolás: Sem dúvida. Qualquer pessoa pode ter acesso a um cosmético de luxo. Você pode não ter um vestido de alta costura, mas pode comprar uma maquiagem incrível, que faz toda a diferença no seu look. As brasileiras, por exemplo, amam maquiagem e combinações de cores, e isso antes era mais difícil de conseguir.

Bazaar: Quais as tendências atuais em maquiagem?
Nicolás: Esse é um momento curioso porque há muitas tendências, difícil definir uma única. A moda se retroalimenta dela mesma e os modismos vão e voltam. Agora vivemos um boom de delineadores, uma herança dos anos 60. Mas a nova versão dos olhos delineados vem com efeitos mais gráficos, mais texturas e quase nada de cores de sombras.

Bazaar: E como você define as tendências em texturas?
Nicolás: As texturas são basicamente os diferentes efeitos na pele, que pode ser mais glow, hidratada e com aspecto natural, ou velvet, com muito mate e efeito aveludado, mas menos luminosa. É o que temos feito na Dior.

Bazaar: Hoje há uma valorização grande da beleza natural. Como você avalia esse movimento?
Nicolás: Essa é uma tendência que me agrada muitíssimo, da mulher se mostrar como ela realmente é. Mas isso não significa não usar maquiagem, mas sim se beneficiar dos produtos que hoje existem com esse objetivo, e que chegam muito próximo de proporcionar uma pele perfeita. É só encontrar e usar os cosméticos certos. A vantagem é que há muitos deles no mercado para deixar uma mulher o mais natural possível.

Bazaar: O que é para você uma maquiagem perfeita?
Nicolás: A maquiagem perfeita não é aquela que te transforma, mas a que tira o melhor de você. O make também não tem que ter cor sempre. O que existe é a textura certa para o dia e para a noite. A cor é consequência de uma pele perfeita.

Bazaar: Existe a maquiagem do dia e da noite ou esse é um conceito ultrapassado?
Nicolás: Eu não acredito nessa divisão de make para o dia e para a noite. Você pode perfeitamente usar a mesma paleta de cores, mas com efeitos mais ou menos intensos, dependendo da ocasião. Também sou contra a ideia de que a maquiagem tem de combinar com a roupa ou com o tom de pele. Isso é um erro terrível! Você até pode usar um batom vermelho com um vestido dessa mesma cor, mas isso não é uma regra. Evidentemente, há a cor que mais te favorece, mas isso não significa que todas as outras não possam ser usadas.




Bazaar: Que maquiagem você diria que pede cuidado, ou seja, não é para qualquer mulher?
Nicolás: Batom vermelho. Ele, definitivamente, não é para qualquer uma. Usá-lo depende do volume dos lábios, da brancura dos dentes, mas, sobretudo, tem a ver com segurança e atitude. Caso contrário, corre-se o risco de mostrar certa vulnerabilidade, o que põe tudo a perder. Mas quando uma mulher sabe usar um batom vermelho, ela fica incrível! Nunca passa despercebida ao chegar.

Bazaar: O que te faz querer remover imediatamente a maquiagem de alguém?
Nicolás: Base mais escura do que o tom de pele para parecer bronzeada. Detesto! A base tem que se fundir com a pele e não se sobressair a ela. Essa é uma regra básica da boa maquiagem. As pessoas têm que te olhar e pensar: “que pele linda” e não “que base linda”! Muitas mulheres incorrem nesse erro, infelizmente.

A luta pela felicidade - parte IV

E, passado quase uma década, voltou a reencontrar uma pessoa do passado com quem hoje está casada e é a mulher mais feliz do universo. Ele sim é a sua alma gémea...o seu maior tesouro que ama com todas as suas forças...porque só ele a compreende, nem precisam de falar, aliás falam com o olhar! Ambos têm as suas neuras, os seus paranços como lhe chamam, mas sabem que foram feitos um para o outro! Esta sim é a verdadeira felicidade...este é o principe encantando por quem ela tanto esperava! Não veio montado num cavalo branco mas é o guerreiro de luz que ela tanto sonhou ter! É a pessoa mais especial do mundo, duas almas num só corpo, que se amam daqui até à eternidade, e juntos já passaram por muitas adversidades mas a força do amor superou tudo! Com ele ao seu lado sente-se capaz de tudooooo e imagina-se a terminar os seus dias ao lado deste ser humano fantástico! Este sim é o verdadeiro amor em toda a sua plenitude 

E esta história não ficará por aqui porque outros capítulos felizes vão surgir pelo caminho...unidos para sempre no melhor e no pior...este é o lema deles...dois lutadores natos, dois guerreiros de luz que não vivem um sem o outro!

Por isso vos digo:

- Nunca fingem ser quem não são porque isso aprisiona e sufoca
- Têm de saber dizer "não" e "basta" quando assim tem de ser
- Não se deixem influenciar por nada nem ninguém quando em jogo está a vossa própria felicidade
- Ignorem a opinião dos outros...afinal a vida é vossa e ninguém mais a pode viver por vocês
- Tentem não se acomodar a uma relação quando bem lá no fundo sentem e sabem que não vos levará a lado nenhum e só vos causa sofrimento interior


Porque a felicidade exige uma luta constante mas ela está lá para nós, pronta a receber-nos de braços abertos, só temos de estar atentos quando ela nos aparece à frente para não a deixarmos escapar!

A luta pela felicidade - parte III

Meteram conversa, saíram umas vezes juntos e logo começaram a namorar...e ela pensava que estava ali o seu príncipe encantado mas como estava enganada. O pior é que demorou sete anos a tomar consciência disso! No início tudo eram mar e rosas, um cenário idílico, um mundo de emoções e sentimentos novos, numa mistura explosiva de muita cor que com o passar dos anos se foi tornando cada vez mais cinzenta. Ela sabia que ele gostava muito dela mas aquele encantamento inicial depressa se foi desvanecendo porque ela passava-se com a falta de reacção do outro lado...sendo ela muito enérgica e cheia de genica não conseguia compatibilizar-se com alguém que era a pura inércia em si. Para qualquer coisa lá era a Iris chamada...ou para obter a sua certidão de nascimento para ele ser naturalizado português (tinha nascido no Brasil), para preencher os papéis do IRS, para tratar de qualquer situação burocrática....ela passava-se mas não dizia nada. Mantinha-se em silêncio, não conseguindo nunca ser ela própria, mas foi deixando andar...estava como que acomodada. Acomodada? Aiiiii uma das piores sensações que podemos ter!

Entre a espada e a parede....era assim que ela se sentia mas nunca teve a coragem de o dizer...deixava andar até porque o trabalho era um dos seus pontos de abrigo e era aí que se refugiava! E isto durante sete anos...como é que tal é possível? Até que um dia ele pediu-a em casamento e ela, sem saber como, disse que sim! A pior resposta de sempre!

Foram organizando tudo, ou melhor ela organizou tudo, tratou da quinta, da igreja, dos convites, do fotógrafo e por aí fora. Ele? Simplesmente a acompanhava porque no fundo ela era como a sua muleta! Até que um belo dia, a cerca de um mês do casamento, já com todas as pessoas convidados e tudo organizado, ela disse BASTAAAAAAAA!!!!!!!!! Caiu-lhe a ficha e viu que aquilo que não era a vida para ela! Não se via a viver diariamente ao lado de alguém assim, sem rasgo, sem energia, sem capacidade de reagir, mais parecia um robot! Disse-lhe que estava tudo acabado e que cada um devia seguir a sua vida e tentar ser feliz porque o casamento que se aproximava não iria resultar e o divórcio seria depois a solução!

Nesse dia ela sentiu um alivio enorme...sentiu-se como um passarinho que libertam de uma gaiola e voou, voou, voou sem destino! Mas sabia que teria de ser muito forte porque as consequências desta decisão radical teriam as suas repercussões..e de que maneira! Ela nunca se importou com a opinião dos outros, porque afinal a vida era sua e se tivesse de dar cabeçadas dava, se tivesse de cair caía...mas em casa a pressão tornou-se insuportável ao ponto de ela chegar exausta depois de mais um dia de trabalho e ser forçada a pegar no carro e vaguear pela estrada sem destino só para não ouvir: "O que foste fazer?", "O que vão pensar as pessoas", "Já viste o quanto ele está a sofrer", "Deste cabo da tua vida"!!!!!!

À conta disso, e apesar de ser uma pessoa forte, foi apanhada nas teias de uma depressão enorme que a levou a perder mais de dez quilos...estava muito desfigurada mas sabia que lá no fundo tinha tomado a melhor decisão para si em nome da sua felicidade. Foi difícil e, no fundo, tinha a percepção de que nunca devia ter deixado arrastar uma relação durante sete anos...deveria ter tomado essa decisão muito antes...mas nada havia a fazer para alterar o timing...tomou a decisão mais radical da sua vida e, ainda hoje, costuma dizer que, naquela altura, os "tomates" lhe subiram! É que nem fazem ideia de quanta coragem e força é preciso para tomar um passo destes...até aí não estava a pensar em si...mas quando mudou de atitude e parou para pensar apercebeu-se que aquele tinha sido a decisão mais importante da sua vida! Mesmo doente foi ultrapassando o problema, com alguns altos e baixos à mistura, mas sentia-se livre, feliz por estar a ser ela propria e porque, no fundo, sabia que Deus tinha algo de muito bom destinado para ela. Poderia demorar mas sabia que um dia havia de encontrar a sua alma gémea!

A luta pela felicidade - parte II

Ao contrário de muitos jovens da sua idade, Iris preferia passar os fins-de-semana a estudar do que ir até uma discoteca (ainda por cima ao domingo, à tarde, pensava ela..) ou dar um simples passeio até à cidade mais próxima da sua casa. Convites não faltavam mas quase sempre dizia que não...sentava-se na sua secretária e passava horas a fio a estudar em nome de mais um sonho...ou melhor vários...porque naquela altura estava dividida...arqueologia, professora de inglês e francês ou jornalista? Tinha muitas dúvidas, é verdade, mas sabia que até chegar à escolha final só lhe restava lutar por obter as melhoras notas e conseguiu...no 10.º ano de escolaridade, ainda por cima a estrear uma escola novinha em folha, foi a melhor aluna no final do ano lectivo com média de 17 valores...Só que azar dos azares como morava num outro concelho não recebeu o prémio de mérito escolar...ficou tão revoltada na altura...mas nada havia a fazer a não ser olhar para o papel afixado na secretaria da escola!
Chegada a altura dos exames nacionais, e sem nunca ter reprovado um ano, estava decidida a tornar-se arqueóloga porque sempre se sentiu encantada por história, aliás era das melhores alunas da turma, com média de 20 valores. Mas o exame nacional correu-lhe mal, foi tramada pelos nervos e esqueceu-se de responder a uma pergunta...resultado: teve 14 valores. Ficou frustrada e mais ainda quando a sua professora de História a desaconselhou a seguir arqueologia porque dizia ela que era uma área que não tinha saída em Portugal. Ohhhh e agora? O que vou fazer? Optou pelas outras duas escolhas que tinha em mãos...candidatou-se ao Ensino Público e entrou na Faculdade de Letras do Porto em Línguas e Literatura Moderna, variante de estudos franceses e ingleses...e em simultâneo também concorreu à Escola Superior de Jornalismo, no Porto, mas privada, e entrou em Comunicação Social. Na hora de decidir, ponderou os pós e contras e optou pela última saída profissional: queria ser jornalista!
Ao entrar na faculdade a sua vida mudou de repente: passou a acordar todos os dias às 5 horas da madrugada para apanhar o primeiro comboio do dia rumo ao Porto...depois ainda tinha de apanhar um autocarro para a faculdade! Chegava a casa às tantas da noite, completamente esgotada, e ainda mais ficou, quando no segundo ano do curso se tornou trabalhadora-estudante...mas valia a pena...porque assim já estava a colocar em pratica tudo o que ia aprendendo e, depois, também começou a ganhar o seu próprio dinheiro em nome da sua independência e também para aliviar um pouco os gastos que os pais tinham com ele...Só de propinas era uma monstruosidade, já para não falar dos livros que tinham de ser comprados, das resmas de fotocópias de livros para estudar, da alimentação fora de casa, dos transportes, e por aí fora! Não foi fácil conciliar os estudos com um emprego (por sorte na sua área) mas lá conseguiu terminar o curso durante quatro anos sem deixar nenhuma cadeira para trás! Foi nessa altura, por volta dos 19 anos, que conheceu um rapaz numa paragem de autocarro que estudava bem perto da sua faculdade mas numa Escola Secundária...pensou ela: "Uiiii mas este rapaz deve ser um chavalo...ainda anda no secundário..."...mas não...tinha reprovado três anos e andava a terminar o 12.º ano.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Antistax a solução eficaz para pernas cansadas


Se tal como eu sofrem de pernas pesadas e cansadas aqui têm a melhor solução no mercado!



Bem como o meu ortopedistas já me disse não podemos herdar apenas coisas boas dos nossos progenitores, por isso a mim calhou me em sorte herdar da minha mãe problemas com os ossos...ora é a falta de cartilagem nos meus joelhos que já me causaram dores imensas e tratamentos muito dolorosos....ora é uma tendinite no braço, na coxa, no pescoço sem que tenha feito qualquer esforço...ora é uma inflamação no calcanhar que não me deixa pousar o pé no chão...ou então acordo como se tivesse levado uma coça durante a noite...problemas genéticos sem cura mas para os quais se arranjam uma solução!

Com a mudança de tempo que agora tem marcado os últimos meses estes problemas têm tendência a agravar-se e, no meu caso em particular, é aquela sensação horrível de pernas tão cansadas que parece que fiz uma maratona de 42 km....já utilizei várias pomadas mas a que resulta comigo é mesmo o Antistax! Existe em compridos e gel...mas como tenho de tomar dois medicamentos diariamente optei pelo gel e só posso dizer maravilhas...ainda ontem não aguentava com dores nas pernas, o meu marido fez me uma massagem com este gel e hoje acordei como nova! Cada embalagem custa 12.75 € mas é dinheiro muito bem empregue porque resulta de facto...a sensação de alívio e frescura é imediata....parece que estivemos num SPA ou então numa banheira de hidromassagem....e quando acordamos ficamos totalmente revigoradas.

Aconselho vivamente a quem sofra do mesmo problema a experimentar esta solução! É mesmo eficaz e as nossas perninhas agradecem!

Verniz Cupcake da KIKO




Tanto se falava nos novos vernizes "cupcake" que tive de comprar um para experimentar e como não é de estranhar escolhi um da KIKO, sobretudo pela qualidade/preço...um tom de rosa misturado com uns pigmentos em lilás clarinho, vermelho e verde! Bastaram duas aplicações para este efeito fantástico...gostei muito...as unhas ficam com uma textura diferente e com a luz muda um pouco de cor, além de ter um ligeiro brilho! Já pintei as unhas há quase uma semana e ainda estão impecáveis! Recomendo vivamente...agora estou tentada a comprar outros vernizes em tons diferentes para experimentar e ver o resultado, de certeza que vou adorar!





A verdadeira beleza sente-se com o coração



Sim é verdade que vivemos numa sociedade onde as aparências falam mais alto do que tudo, funcionando como uma espécie de cartão de visita mas eu cá nunca fui nem irei nessas cantigas...não sou melhor nem pior do que ninguém, apenas tenho a minha própria opinião sobre esta matéria que tanto me revolta! De facto vemos por aí a desfilar nas ruas muitas pessoas que nem pavões, todas embelezadas da cabeça aos pés mas quando realmente conhecemos o interior é de fugir a sete pés....tantas vezes que isto já me aconteceu, sobretudo quando era mais nova, que aprendi a olhar para as pessoas com "olhos de ver".
A verdadeira beleza sente-se sim com o coração porque as aparências iludem e de que maneira...porque por mais que se maquilhem, que se vistam bem, que andem todos na vanguarda da moda, se não tiverem um bom interior para mim valem zerooooo....e o que mais me assusta é que neste mundo proliferam seres assim, quase que fotocópias mal acabadas, e que se esquecem do mais importante: a nossa verdadeira essência mora no nosso interior, é aí que encontramos a verdadeira beleza que nos diferencia dos demais!

Na minha modesta opinião acho que é por estas e por outras que muitas mulheres se sentem frustradas porque não conseguem encontrar o seu principe encantada montado num cavalo branco. Isto porque criam demasiadas expetativas, elevam muito a fasquia e querem a seu lado um homem capa de revista, com todos os predicados visiveis a olho nu, mas esquecem-se do essencial: o que cada pessoa vale de facto pelas suas qualidades e também defeitos, que neste último caso conseguem suplantar-se se as virtudes forem valiosas...porque afinal ninguém é perfeito!

Por isso não procurem a perfeição mas sim alguem que vos ame por aquilo que vocês são, alguém que esteja convosco em todos os momentos, que seja o vosso melhor amigo, companheiro e amante, alguém em quem possam confiar cegamente, com quem queiram passar o resto dos vossos dias porque no fundo são duas almas que se complementam....foi assim que encontrei o homem da minha vida, a minha alma gémea que me faz sentir a mulher mais feliz e amada do mundo! Que me surpreende com cada gesto, cada atitude, cada acto de gentileza e bondade...amo-o cada vez mais a cada dia que passa e já lá vão mais de tres anos de um casamento magnifico, feliz e tudo aquilo com quem sempre sonhei! Só ele me compreende, só ele entende as minhas neuras, os meus paranços, as minhas oscilações de humor...só nós os dois sabemos o quanto nos faz bem cada barrigada de riso, cada aventura sem hora marcada, cada sonho realizado em conjunto. Falamos com o olhar e isso diz tudo!!!!

Não vivam de aparências, não vivam de utopias, porque não há pessoas perfeitas, e aprendam que a verdadeira beleza é invisível aos olhos, sente-se com o coração e com a sensibilidade que todos temos! Quando tivermos essa capacidade de olhar para dentro do outro e ver o quanto o seu interior é lindo, precioso, um verdadeiro tesouro, então aí sentimo-nos abençoados...e esta perspetiva tanto serve para casais como para amigos!

domingo, 13 de julho de 2014

Sensações e emoções



Claro que sempre existem excepções à regra mas, na minha opinião, esta sociedade está cada vez mais a transformar-se numa autêntica selva, onde a lei da sobrevivência é vista à luz de passar por cima de tudo e todos sem olhar a meios para atingir os fins!
Se cada um se preocupasse com a sua vida, espalhando amor e sorrisos, sem nunca ter segundas intenções, abrindo o coração de forma pura, estendendo a mão a quem mais precisa, ter uma alma verdadeira e uma essência própria o mundo seria um lugar muitoooo melhor!!!!!!!

O que é feito das verdadeiras amizades?

Confesso que já me enganei bastante em relação a muitas pessoas que considerava como verdadeiras amigas mas acabaram-me por me desiludir bastante. Isto porque um dia a máscara cai e quando assim acontece corto logo o mal pela raiz. Se há coisa que prezo é a amizade...saber que temos alguém com quem contar em todos os momentos, sem nenhum interesse, simplesmente porque de alguma forma se identificam connosco e criamos uma empatia e laços duradouros.
Sim tenho uma amizade de longa data...já lá vão quase 18 anos e considero-a a mana que eu nunca tive...adoro-a com todas as forças do meu coração e ela sabe disso porque o sentimento é recícproco, pois mesmo que esteja em baixo se ela precisar guardo a minha dor no bolso e vou ter com ela para a ajudar.
Também tenho outros amigos mais recentes, outros já com seis anos, são poucos mas são muito bons. Este ano foi mesmo feito de mudanças porque fiz delete a muita gente que valia zero e eu andava tapadinha porque tenho sempre aquela ideia de que toda a gente é boa pessoa. Mas começei a abrir os olhos! Em boa hora o fiz!

Onde está a compaixão e gratidão pelo próximo?

Se há coisa que abomino e me tira do sério são as pessoas ingratas que só olham para o seu umbigo e mesmo que em tempos já as tenhamos ajudado, quando precisamos querem lá saber...assobiam para o lado, viram as costas e sigaaaa. Ah como isso me revolta! Infelizmente lidei de perto com casos destes, não só comigo como com os meus e confesso que me magoa mais quando o fazem às pessoas que eu amo, como, por exemplo, os meus pais, o meu marido e amigos mais fiéis. Fico podre, apetece me partir tudo, dar um valente sopapo na cara desse escroque mas, no fundo, não vale a pena....a soluçao? Dar ao desprezo total e absoluto porque cá se fazem, cá se pagam. Acredito muito na lei do karma e na justiça divina. E, por isso, entrego isso nas mãos de Deus.

Dez mil animais abandonados por ano?

Quem me conhece sabe da minha paixão avassaladora pelos animais...por eles faço tudo porque são dos seres mais puros e lindos deste mundo. Um animal nunca te trai, um animal nunca te abandona, um animal está sempre pronto a dar-te carinho e miminho, um animal é a melhor companhia e o nosso melhor amigo...e por isso não entendo como há monstros capazes de os abandonar em qualquer viela, dar-lhes maus tratos ou, pior ainda, tortura los até à morte. Vejo cada caso que me deixa de coração partido e sobretudo por saber que por ano em Portugal são abandonados cerca de dez mil animais. Mas que gente é esta meu Deus? Se pensarmos bem...se há pais que maltratam e até matam os seus proprios filhos (aiiiiii jesus) então quando se trata de animais fazem igual ou pior....

Fico contente por finalmente ter sido aprovado e publicaod no DR a lei que pune o abandono e maus tratos mas mesmo assim acho brandos demais os castigos...para mim é fazer lhes o mesmo porque quem não gosta de animais não gosta de pessoas...por aí se vê muito o carater de alguém!

Para quê tanta inveja, intrigas e falsidade?

No mundo atual cada vez a inveja, intrigas, o diz que disse, a falsidade se apoderam das pessoas, moldando-as ao ponto de as transformarem em verdadeiros escroques que só andam neste mundo para incomodar os outros. Há pessoas que se alimentam da infelicidade alheia. Mas como é que isto é possível? Coloco as mãos na cabeça e não encontro resposta para isto! E a inveja? Uiii isso é por demais...invejam te por qualquer coisa, mesmo que seja algo de insignificante motiva logo uma multidão de olho gordo....então quando estás a ter sucesso em alguma área da tua vida é aos montes, por isso, o melhor devemos sempre guardar para nós. Este é um velho conselho que me deram há muitos anos e faço questão de o colocar em prática. Aos que me invejam ou me tentam apunhalar pelas costas digo lhes: façam melhor porque ainda estou de pé e podem crer que nunca me irão derrubar porque a minha força interior ninguém me tira!



sábado, 12 de julho de 2014

Giveaway de verão





E decidi promover um giveaway de verão, cujo vencedor(a) será presenteado(a) com este nutritivo creme de mãos e esta máscara de pestanas três em um da Oriflame...para participarem basta dirigirem-se à minha página no facebook "Sudani Arts" e esperar que a sorte vos sorria no dia 12 de agosto quando será apurado o vencedor(a) através do sistema random.org!

Participem, divulguem e aproveitem porque este conjunto de produtos é muito bom...não há limite de partilhas, por isso, bora lá partilhar :-)

https://www.facebook.com/Sudaniarts?ref_type=bookmark


terça-feira, 8 de julho de 2014

A luta pela felicidade - parte 1




A Iris era uma rapariga como todas as outras que desde sempre sonhava em encontrar o seu príncipe encantado, montado num cavalo branco, pronto para a tornar na mulher mais feliz do mundo. Por vezes vivia num mundo cor-de-rosa, de utopia, cheio de sonhos para cumprir, alguns dos quais difíceis de conquistar, mas no fundo ela sabia que era uma guerreira, e, assim, ia vivendo a sua vida. Sonhava acordada, também é verdade, mas quem não o faz?
Na adolescência nunca deu importância aos chamados namoricos de escola, o seu grande objectivo era tirar boas notas e conseguir entrar na faculdade. Claro que teve um ou outro amigo colorido, os seus amores platónicos mas nada de sério porque tinha outras prioridades e, naquele altura, ainda era muito nova para pensar nessas coisas chatas como ter alguém sempre colado ao seu pé. Ela era rebelde, muito independente, sabia bem o que queria, facilmente conquistava amizades que ainda hoje perduram, mas sempre se sentiu num mundo à parte dos outros.

Papperblanks - adorooooo

Hoje vou contar um pequeno segredo - sou fanática pelos cadernos e agendas da Papperblanks mas tenho um sério problema...todos os que tenho estão em branco, não consigo escrever uma linha sequer lolol porque acho-os demasiado lindos para estarem escritos e, por isso, ficam na minha coleçao :-)

Pena que sejam um pouquinho caros e não muito fáceis de encontrar, apenas os consigo comprar em livrarias e nunca os vi à venda em hipermercados. Já agora se alguém souber de algum hiper que os venda digam-me por favor porque queria comprar mais um....acho-os todos fantásticos, sobretudo pela decoração das capas, pelo design, por tudo....aiiiii só de olhar para esta foto fico com os olhos em bico, quase a salivar lolol



Aqui este lindão foi-me oferecido no Natal passado pelo meu marido e é o meu preferido dado o meu fascínio pelo Egipto....mas está novo, sem nenhuma letra nem rabisco no interior :-) digam lá se não é lindo...faz parte do meu pequeno tesouro de objetos relacionados com o Egipto!!!!






domingo, 6 de julho de 2014

Descontos - nas próximas 19h tudo a 9,99€ na Rowne

Aproveitem o fim-de-semana de fantásticas promoções no site da Rowne, com artigos a 9,99€, desde vestidos, legings, t-shirts, tunicas, produtos para nail-art, capas de telemóveis, tops, calçado, etc. Tem artigos lindíssimos e escolhi alguns deles para vos mostrar!

Visitem o site e vejam o que mais vos agrada porque é mesmo de aproveitar!










Yodeyma perfumes fantásticos

Sou uma apaixonada por perfumes e, se tivesse possibilidades tinha uma para cada ocasião, mas por enquanto vou aproveitando as promoções e também as ofertas em muitas gamas. Hoje estou aqui para apresentar o Yodeyma Aqua, uma fragência fresca para os dias de verão, cuja amostra recebi gratuitamente num frasquinho bastante singelo. Uma amostra digna de respeito, num frasco de 15 ml e o cheirinho é fantástico, contrariando até a minha tendência para perfumes masculinos, com aromas mais fortes e amadeirados. Este rendeu me por completo e estou tentada em comprar uma embalagem maior porque sinceramente fiquei mesmo fã desta marca!


Ah e ainda vão a tempo de solicitar amostras...bastando para tal aceder à pagina oficial da marca no facebook e podem escolher qual a fragância que querem receber, estando disponíveis tanto para homens como mulheres! Agora pedi uma de homem para o maridão...estou à espera de a receber com muita ansiedade :-)

terça-feira, 1 de julho de 2014

Milani Cosmetics



Não conhecia esta marca mas já estou apaixonada...cores lindíssimas, cheias de vida, com grande impacto visual, produtos de grande qualidade e ao ver o site fiquei ainda mais rendida. A Milani Cosmetics foi lançada em 2002 e é considerada uma gama inovadora no mercado dos cosméticos.

Rosto, olhos, lábios, unhas, nada foi esquecido e a oferta é vastíssima. Pior mesmo é escolher porque é tudo tão lindo! E melhor ---- os preços são fantásticos

Aqui fica o site oficial...visitem que vale a pena!

http://www.milanicosmetics.com/
 

Diga NÃO ao abandono dos animais



Hoje venho falar-vos de uma tema que me fere o coração e me despedaça a alma...esta semana a GNR lançou uma campanha on-line para alertar, mais uma vez, os seres ditos humanos para que não abandonem os seus animais como se de um brinquedo se tratasse, sobretudo, agora que estamos em período de férias...e mais triste e revoltada fiquei quando li que "em Portugal são abandonados mais de 10 mil animais por ano". O quê? Meu deus como é possível? Mas sendo bastante racional (o que me custa, por vezes) se muita gente abandona e maltrata os próprios filhos então farão o mesmo ou pior a outro ser indefeso.

Eu pertenço a uma associação de animais que tal como todas no país vive em extremas dificuldades porque nos falta sempre ração e diariamente encontramos sempre à porta da instituição mais um animal deixado ali à sua sorte....o espaço está super lotado mas claro que há sempre maneira de o recolhermos apelando as FAT's que muito ajudam e depois fazendo apelos através das redes sociais para que sejam adoptados por pessoas responsáveis. Sim porque ter um animal acarreta muitas responsabilidades....eu vejo-os como um filho e temos de lhes prestar os melhores cuidados possíveis, dando lhes sempre muito amor, carinho e atenção!

E não me venham cá com a desculpa que a culpa é da crise....eu, tal como muitas pessoas, também tenho as minhas dificuldades mas nada falta aos meus 12 animais (todos recolhidos na rua), 11 gatos e um cão, o meu Duque, que infelizmente tem um cancro e não pode ser operado mas até ao fim dos seus dias vou dar-lhe o melhor de mim para que os restantes dias, meses ou anos que terá pela frente sejam vividos de forma feliz, ajudando-o a ultrapassar todo o sofrimento! Custa horrores olhar para aquela carinha dócil e meiga e saber da triste realidade mas tenho de ser forte por mim e por ele. E sei que Deus me vai ajudar e um milagre há-de acontecer...tenho muita fé!

Infelizmente os seres ditos humanos são cada vez mais cruéis, egoístas, e pensam que um animal é um objeto com o qual se brinca e depois se joga fora. Já fiz muitas denuncias de maus tratos e abandonos e continuarei a faze-las para que esses escroques tenham o que mereçem...mas nunca haverá nada que apague a dor de um animal abandonado pelos seus donos, muitos deles em estradas super movimentadas (já recolhi alguns nessas situações) e então quando se trata de gatos é por demais. Para mim os animais sao os seres mais lindos e puros deste mundo, verdadeiros tesouros, que nunca nos atraiçoam e estão sempre ali para nós. Eu falo por mim...os meus sentem quando não estou bem e não me largam um segundo, dando-me festinhas e carinhos para me acarinhar...e depressa tudo passa e volto a esboçar um sorriso!

Por favor não façam isto a estes seres indefesos e sem voz, que precisam de gente como eu e como tanta que eu conheço e felizmente são verdadeiros anjos na terra por tudo aquilo que fazem em prol do nosso melhor amigo! Mesmo indo de férias há sempre uma solução...leva-los convosco, deixa los em casa de um vizinho, familiar ou amigo....não é deixá-lo num beco qualquer ou entrega lo num canil ou associação com a desculpa de que "larga muito pêlo", "cresceu mais do que o esperado", "vamos ser pais e não o podemos ter em casa", "os vizinhos queixam-se muito", e por aí fora....não há desculpas para tamanho ato desumano só possível de ser feito por autênticos monstros que merecem o meu total repúdio e só lhes desejo que a justiça divina se faça na hora certa!

Um abraço e um beijinho do tamanho do mundo para todas as pessoas que adoram animais e os tratam com o respeito, dignidade e amor que merecem! Por eles faço tudoooooo....aliás cheguei a um ponto em que ajudo mais depressa um ser indefeso, que nunca será ingrato comigo, do que muitas pessoas!