segunda-feira, 30 de junho de 2014

Sugestões para organizar a maquilhagem

Confesso que um dos meus problemas, e de maior parte das mulheres, é conseguir ter a maquilhagem e restantes produtos de cosmética todos arrumadinhos, prontos a serem utilizados sempre que necessário, sem termos de andar horas à procura deles. Os meus estão espalhados...em duas caixas...em gavetas no armário da casa de banho mas o que eu gostaria mesmo era de ter uma chamada "penteadeira"...aiii vi cada imagem na net que fiquei de boca aberta...ter assim um cantinho numa divisão da casa...até numa esquina servia...apenas dedicado a nós e à nossa beleza!

Retirei algumas imagens que considerei bastante uteis e esta será a minha próxima meta...organizar tudo diretinho mesmo sem penteadeira....espero que gostem, algumas já conhecia, outras não, e as que mais gostei foi dos frasquinhos para colocar os pinceis com graos de café para eles se manterem em pé, e dos organizadores em acrílico...e também gostei da sugestão de arrumar dentro das próprias gavetas, colocando caixinhas de madeira ou simples divisórias para arrumar todos os produtos!

Ora vejam lá
























terça-feira, 24 de junho de 2014

Os pés merecem o melhor tratamento


Como sabem os nossos pés sofrem um grande desgaste ao longo de todos os dias, não só por suportarem o peso do nosso corpo, como também se tivermos profissões que nos obriguem a estar de pé muito tempo, acabando por sentirmos os reflexos de toda essa sobrecarga. Até aos meus 12 anos sofri de um grave problema com as unhas encravadas (uma vez até me arrancaram, a sangue frio, a unha do dedo grande do pé...meu deus que dores...nem é bom lembrar), e ainda me recordo de ter o pé todo ligado, ainda por cima no verão, e o meu pai ter de me levar ao colo para o areal. Foram anos de muito sofrimento porque nunca deixei que a minha mãe me cortasse as unhas (começa aos berros lolololol) e então armada em sabichona cortava-as eu mas sem saber o que estava a fazer. Um dia tive uma consulta num podologista e, a partir daí, acabaram-se os meus problemas....felizmente!

Dos conselhos que me disse retenho a importância de nunca cortarmos os cantos das unhas, sobretudo do dedo grande, e as mesmas têm de ser cortadas a direito, sem nunca mexer nos cantos. Ao mínimo sinal de dor, que significa que a unha está prestes a encravar, devemos colocar logo um pouco de algodão no cantinho da unha, com a ajuda de um palito e remédio santo. A unha nunca mais chega a perfurar a pele, o que provoca as infecções, e depois de já estarem mais crescidas retiramos o algodão. Este tratamento deve ser repetido dos os dias.

E os pés também necessitam de hidratação, sobretudo na zona dos calcanhares, com a aplicação de um creme depois de tomarmos banho, fazendo uma massagem pelo pé todo. Também pode haver o problema de micoses nas unhas, aí so tratadas com medicamentos específicos, ou então de aberturas no meio dos dedos, nesse caso tratadas com a aplicação de pó de talco sempre que lavarmos os pés.
Colocar os pés de molho numa bacia com água enorme e um punhado de sal grosso faz maravilhas, porque ajuda a relaxar e a regenerar.

Cuidem dos vossos pés como se das unhas das mãos se tratasse!

Com o coração cheiinho.....



Hoje foi o meu dia e não podia ter o coração mais cheiinho de amor e carinho! Perdi a conta a tantas mensagens de felicitações, quer através do facebook e do telemóvel, e também telefonemas das minhas estrelinhas que não se esqueçeram de mim. 35 anos de uma vida plena de luta e sacrifícios, mas abençoada a cada dia por Deus e todos os seus anhos. Não me podia sentir mais grata porque mais importante do que os bens materiais, são os sentimentos puros e verdadeiros, e esses tenho-os bem presentes no meu coração vindos de pessoas especiais que fazem parte da minha vida.
A todos vocês um bem-haja, muito obrigada por me mimarem tanto e o que me desejam a mim desejo-vos a triplicar. Muita saúde, amor, paz e felicidade porque, a partir daí, conseguimos fazer o nosso caminho nesta estrada a que chamamos de vida

Beijinhos e abraços para todos

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Escrever e ler - bálsamos para a alma


A profissão que escolhi não foi por acaso porque desde miúda sempre adorei escrer, aliás, até tinha uma espécie de diário (que se perdeu numa das mudanças de casa) onde escrevia algumas situações mais marcantes da minha infância e adolescência. Também me lembro de ter um caderno onde escrevia os meus poemas e que, infelizmente, não sei o paradeiro dele mas ainda me recordo de alguns e, um dia, quando menos esperar, devo encontra-lo aqui por casa. Além disso já publiquei dois livros e tenho um terceiro já bastante adiantado, totalmente diferente dos anteriores, onde me vou revelando através de artigos de opinião, crónicas, pensamentos, poemas e afins....aos poucos e quando surge a inspiração lá vou acrescentando mais uns textos e, depois, tenho o sonho de o ver publicado.

Também a literarura faz parte da minha essência, aliás escrever e ler são para mim como um bálsamo para alma, uma forma de me libertar e de dizer tudo aquilo que está cá dentro. Começei pelos famosos livros da Disney, Mónica, Mafalda e da Anita. Ainda os tenho todos guardados, em especial, estes ultimos, oferecidos pelos meus pais sempre que íamos ao hipermercado...ainda não contei a coleção mas devo ter uns 40 exemplares! Depois começou a leitura mais intensa, por força da escola, e um dos livros que mais me marcou foi "O Mundo de Sofia", pela sua capacidade de me elevar no pensamento, refletir sobre determinados aspetos da vida...logo a seguir "1984", um livro fantástico, cada vez mais atual na sociedade que vivemos e que me absorveu do princípio ao fim.

Curioso é que embora seja uma pessoa romântica não gosto de romances fictícios....adoro histórias verdadeiras passadas para o papel, casos de vida que realmente aconteceram, quer sejam relacionados com episódios da história ou de figuras incontornáveis do mundo.....e apaixonada por história adoro a Egiptologia....já perdi a conta a tantos livros que tenho relacionados com o Egipto, com a sua história, modo de vida, o prazer pelo belo, as ideias inovadoras para aquele tempo...fascinou-me o "Assassinato de Tutankanmon", uma obra-prima de um grande arqueólogo que nos revela como foi assassinado o mais jovem faraó da história egipcía.

Um autor que eu amo de paixão é o Paulo Coelho - tenho todos os seus livros - que me cativa pela profundidade da sua escrita, pela sua capacidade nos fazer acreditar em nós próprios, sabendo que o nosso maior tesouro está dentro de nós: o nosso coração! Este autor brasileiro tem essa capacidade de me fazer sonhar acordada, de me rever em determinadas passagens dos seus livros, e toda a espiritualidade envolvente abraça-me a cada páragrafo, a cada página desfolhada. Gosto de todos os livros e não consigo nomear um de eleição. Para mim são todos excelentes!

Dan Brown também gosto e ainda mais gostei dos filmes adaptados dos seus livros...simplesmente mágicos que me prenderem ao ecran vezes sem fim...e mais recentemente um livro que me ficou na retina foi "Por amor a Che", uma história comovente de uma das minhas principais fontes de inspiração na vida. A escrita de Osho é outra das que me cativa do princípio ao fim, tal como os pensamentos de Dalai Lama. As minhas estantes estão cheias destas obras que vou adquirindo conforme posso e para mim são verdadeiras relíquias! Afinal ler é uma das sensações mais agradáveis do mundo...gostava era de ter mais tempo para o fazer mas sempre que posso lá coloco a leitura em dia e estou sempre a par de todas as novidades no mercado!


E mais uma primavera....



E mais uma primavera que completo hoje, dia 24 de junho...dia de São João, o meu santo padroeiro, em quem deposito grande parte da minha fé! Sinto-me feliz por fazer anos num dia festa espalhada por muitos recantos do nosso Portugal, com destaque para Porto, Braga, Vila do Conde e Guimarães, minha cidade berço que me viu nascer há 35 anos....bem só as 23h15 é que vim ao mundo, por isso, ainda faltam umas horinhas para festejar mesmo a sério :-)

Não sou muito adepta de festa de anos, já o fui em tempos quando era criança...era uma delícia ver mais um ano a passar e sempre aquela ânsia tão comum a todos nós de completarmos 18 anos...a partir daí vamos somando mais um ano, de experiências vividades, de sonhos acalentados, de frustrações e desilusões que também fazer parte da vida, de momentos puros de alegria, de gentos simples vindos de quem mais gostamos, de muita luta para alcançarmos aquilo que queremos...mas o que seria a nossa vida sem isto? algo sensaborão....eu adoro lutar, gosto de enfrentar desafios, ultrapassar obstáculos, e se perder uma batalha sei que ainda há uma guerra para vencer...não passo por cima de nada nem ninguém para atingir o que quero, vivo a minha própria vida, por vezes gostaria de ter mais um pouco de paz e tranquilidade mas o sufoco está a contaminar a sociedade, e de pendurar a minha espada e armadura por uns momentos. Mas pronto eu nasci para lutar, guerreira é o meu nome do meio, ou não tivesse eu nascido na cidade dos conquistadores!

Confesso que este ano que passou não foi nada fácil, deparei me com muitas dificuldades mas estou cá de pé e cabeça levantada para contar a história...às vezes revolta me o facto de serem os mais bons e puros de espírito a sofrer mas sempre foi assim....se há coisa que aprendi nestes 12 meses que passaram foi saber com quem realmente posso contar e, por isso, fiz delete a muita gente que não acrescentava nada à minha vida, apenas estava lá para me tentar desmoralizar ou por interesses secundários. Isso eu não suporto...ou estão comigo em todos os momentos, sejam de alegria ou tristeza, ou então não vale a pena...porque eu sou assim com os meus e os meus amigos...tento estar sempre lá em todas as ocasiões e nunca lhes viro a cara, estendo-lhes sempre a mão para os ajudar a levantarem-se e faço aquilo que está ao meu alcançe para os ver sempre a sorrir.

Também aprendi a desvalorizar quem vale zero, para esses desprezo total, porque Deus onde está não dorme! Felizmente, aos poucos e com calma, as coisas vão-se compondo, e sei que está na hora de dar uma reviravolta na minha vida em termos profissionais....dê por onde der, custe o que custar, eu vou conseguir aquilo que anseio há tanto tempo...eu sei que sou capaz...só tenho de esperar pelo momento certo e, então aí, sentir-me-ei completamente realizada, também para bem da minha sanidade mental porque há coisas que não entendo, que me fazem mal e para me ver livre delas só dando uma reviravolta total.

Neste ano que passou também me empenhei forte aqui no meu (vosso) cantinho, onde vou falando de tudo um pouco, tentando mante-lo sempre atualizado, mediante a minha disponibilidade, porque além do meu trabalho, também faço o meu artesanato e as minhas vendas no facebook. Por lá conheci virtualmente pessoas muito especiais, que já estão no meu coração, e que sei que um dia as vou conhecer pessoalmente!

Agradeço a todos que passaram pela minha vida nestes últimos 12 meses e que, por um motivo ou outro, me levaram a aprender, a crescer, a abrir o olho, ajudaram-me quando mais precisei, estiveram lá para me escutar.

E lá se vão os 34...chegam os 35...que venham com muita saúde, felicidade, amor e paz...que é o que mais desejo para mim e todos os que moram no meu coração!

sábado, 21 de junho de 2014

Uma parte dos meus cosméticos

Aqui vos apresento uma pequena parte dos meus cosméticos, por entre paletes de maquilhagem vernizes, batons, pinceis, sombras, etc. Esta semana fiz mais umas comprinhas, ainda tenho de tirar fotos para as colocar aqui.

O que destaco são as minhas paletes da Sleek, aqui estão três, mas já comprei mais uma...simplesmente adoro...além da excelente relação qualidade/preço (comprei a última por 8 euros) as sombras têm uma pigmentação brilhante tal como eu adoro!

Também adoro os vernizes da Kiko, Yves Love, Avon, Cliché....os pincéis da Sephora que vêm acompanhados por uma bolsinha muito prática.

Agora só me falta encontrar algo útil e em conta para arrumar tudo isto que está dentro de duas caixas e não é nada prático. Tenho de começar a ver coisinhas para guardar os meus produtos!


















quarta-feira, 18 de junho de 2014

Mulheres...

Confesso que não sou muito fã de telenovelas mas adoro séries e para mim esta é mais uma espécie de série verdadeiramente fascinante, com um enredo soberbo, tão próximo da realidade que até assusta. Chama-se "Mulheres", tem atores e atrizes portugueses bem conhecidos, passsa todos os dias à noite na TVI e já me prendeu ao ecran.
São histórias de sete casais tão comuns a tantos outros, que abordam várias temáticas, desde a violência dosmética, ao desemprego, alcoolismo, concorrência desleal entre homens e mulheres, traições, cancro. Problemas que, no fundo, muitas mulheres, e também homens, sofrem na pele e, para piorar ainda mais as coisas, escondem esses mesmos dissabores que a(o)s vão consumindo por dentro. Espero que no final triunfe o bem sobre o mal e que todas possam encontrar o que tanto procuram: amor, paz, tranquilidade, harmonia, saúde, paz, sucesso, calma.


Sinópse retirada da página da TVI
Sete casais lisboetas vivem diferentes momentos nas suas relações. Todos têm problemas por resolver. Os desafios que se colocam a cada casal são diferentes - uns mais graves, outros mais comuns e previsíveis... Alguns puramente egoístas.

Só Mariana e Guilherme, casados há vinte anos, parecem ter um casamento à prova de crise. Há quem diga a brincar que os dois têm o último casamento feliz de Portugal. O único problema da vida de Mariana é o excesso de trabalho. Ela é uma vendedora imobiliária de exceção, fechando negócios que todos consideram impossíveis, e o patrão não a deixa descansar.

Um dia, por um descuido com as horas, a sua filha Duda sofre um acidente e Mariana decide que é tempo de fazer mudanças. Demite-se do seu emprego, desistindo de um negócio milionário, e abre uma pequena-imobiliária, a Em Sua Casa. Por sua decisão, só contrata mulheres que realmente precisam de trabalho, juntando um grupo sem nenhuma experiência no ramo, mas cheio de vontade de aprender e de dar o seu melhor... É assim que estas mulheres começam a trabalhar juntas. São todas mulheres em crise, mas determinadas a andar com as suas vidas para a frente.

Quando Mariana descobre que tem cancro da mama, fica de rastos. Todos os projetos são postos em causa. Com medo de perder o amor da sua vida, oculta-lhe a sua doença, entrando numa cadeia de mentiras que Guilherme vai apanhando, sem compreender. A desconfiança instala-se entre os dois. Será ainda possível salvar o amor?

O meu protetor solar de eleiçao!



Confesso que não sou muito de ir à praia, só mesmo ao fim da tarde ou então numa praia calma e tranquila sem a algazarra e confusão que se verifica na maior parte dos casos, onde quase nem nos podemos mexer, isso para mim não dá....então muitas das vezes opto por ficar em casa, no meu jardim, a minha praia privada, junto com a minha piscina de plástico...não há nada melhor para relaxar!!! Não gasto em combustível, não fico em filas intermináveis, não ando horas a procura de estacionamento, e, depois, não tenho que levar com a confusão instalada no areal! Desde pequena que sempre fui muito branquinha e quase nunca ficava morena...ficava tipo camarão e depois de novo branca...mas desde há uns sete anos a esta parte que a minha pele mudou totalmente e basta me apanhar um pouquinho de sol, nas horas aconselháveis (nisso sou bastante zelosa) para ficar logo morena...claro que uso sempre protetor solar e não abdico deste da Nívea...é o meu parceiro de eleição no verão...adoro o aroma, não cola à pele, é de imediato absorvido e depois a pele fica com uma tonalidade dourada linda! Aliás houve mesmo um ano em que fiquei super morena na minha "praia privada" e quando cheguei ao trabalho toda a gente pensou que eu tinha ido tipo para as Maldivas ou algo parecido. Mas não...foi na praia cá de casa e bastavam apenas uma horita por dia, porque confesso não aguento muito tempo seguido ao sol, quer seja em casa ou na praia propriamente dita!
No areal gosto mais de caminhar junto ao mar do que ficar estendida na toalha...em casa tenho a minha cadeira enorme que dá para me esticar toda e aproveitar a vitamina D do solinho! Os meus ossinhos agradecem porque nesta altura raramente tenho dores. Por isso gosto tanto do verão!



uau

*-* foi assim que fiquei quando fiquei a conhecer este novo eyeliner da Benefit Cosmetics, simplesmente mágico e dá para utilizar de variadíssimas formas, oferecendo diversos efeitos ao olhar! Tenho de experimentar. Ora vejam e digam lá se não é lindo?


terça-feira, 17 de junho de 2014

A selva

O ser humano, a cada dia que passa e com o andamento desta crise, está a transformar-se num autêntico monstro, capaz das piores atrocidades, passam por cima de quem for preciso para atingir os seus objectivos e adoram espezinhar os outros para se sentirem superiores e com a mania de que têm o poder. Então se o mundo do trabalho já era o que era, onde a concorrência é feroz e desleal, agora está a transformar-se numa autentica selva dominada por víboras que destilam veneno por tudo quanto é lado, tentando, a todo o custo, tirar a sanidade mental a quem está por fora deste ambiente e está no seu próprio mundo.


Será por inveja? Incompetência? Medo que os outros sejam melhores?
Acho que é de tudo um pouco porque, no fundo, os que safam são os lambe-botas e graxistas, cheios de rabos de palha por tudo quanto é lado, e quem não alinha nestes grupos é sempre lixado a todo o custo. De repente recebe uma chamada na tentativa de o inferiozar, humilhar e faze lo duvidar das suas próprias capacidades. Estão a estar a nossa paciência? Talvez. Estão a testar até que ponto podemos ir? Sim. Mas o que não devem saber, porque no fundo não passam de uns ignóbeis infelizes e sem vida própria, é que há pessoas com uma capacidade tremenda de lutar e então quando são picadas ficam verdadeiras feras e levam tudo à frente...isto no bom sentido, é claro....assumem-se como um comandante de um batalhão e não viram as costas à luta porque acreditam em si, têm auto-estima, e sabem que fazem sempre o melhor que podem...por isso estão de consciencia tranquila...mas custa, e muito, ouvir tantas barbaridades sem poder responder à letra e, uma vez mais, engolir sapos....isto para não explodirem e deitarem tudo a perder e, sobretudo, porque há falta de melhor têm de se agarrar ao que têm

Mas é triste...muito triste....ver o mundo do trabalho (e são tão poucos que hoje podem dizer que têm um trabalho) transformar-se neste anto de podridão...desculpem o termo mas vou utilizar uma frase dita por um grande amigo meu "isto aqui mais parece uma casa de putas, comem-se uns aos outros"...acreditem que por pior que seja a analogia é a definição ideal para tal cenário que me deixa sem palavras....algum dia isto irá mudar? acho que não...porque o verdadeiro carater de uma pessoa ve-se quando lhe dão poder e até agora só me deparei com verdadeiros escroques e imbecis!


segunda-feira, 16 de junho de 2014

Visões distorcidas da realidade

Para quem não sabe eu fui, sou e sempre serei uma revoltada por natueza porque nunca me encaixei neste mundo onde impera a lei do rebanho, do graxismo, dos lambe-botas, das aparências, do politicamente correto, do concordar só para parecer bem e por aí fora. Confesso que, por vezes, me sinto como uma espécie de eremita isolada no meu próprio mundo, no qual felizmente tenho a companhia da minha alma gémea que tal como eu tem esta visão própria do mundo e da sociedade.

O que me irrita é quando as pessoas confundem a revolta com vitimização. Aí...alto e pára o baile! Não vamos misturar alhos com bugalhos porque nunca fui pessoa de me vitimizar por isto ou por aquilo...sempre aceitei cada provação, cada obstáculo, cada desilusão como uma aprendizagem interior que muito me enriqueceu e me transformou na pessoa que sou hoje. Não sou melhor nem pior do que ninguém...sou apenas eu! Vítimas são aqueles que apenas se queixam e lamentam sem nada fazerem para mudarem o rumo dos acontecimentos e, quem me conhece, sabe que nunca estarei de braços cruzados. Arregaço as mangas e vou para a luta, pois mesmo perdendo uma batalha sei que ainda posso vencer a guerra...aqui as minhas raízes vimaranenses e poveiros vêm ao de cima, e de que maneira! Não posso com injustiças, com desigualdades sociais, preconceitos, mexericos, falsidade, traições....e a escrita é um dos meus escapes para dizer tudo aquilo que me vai na alma.

Um dia destes alguém no meu facebook (por sinal uma pessoa que já trabalhou comigo) dizia para eu parar com tanta amargura e revolta...isto por força de um post que escrevi sobre como a vida pode ser madrasta para alguns...isso eu não admito porque ninguém calçou os meus sapatos, ninguém trilhou o meu caminho, ninguém contornou os obstáculos com que já me deparei, ninguém sabe das dificuldades que me trocaram as voltas, ninguém sabe do sufoco que eu e os meus já viveram, por isso, digo que cada um sabe da sua vida e ninguém tem autoridade moral para opinar sobre a vida dos outros sem saberem o que está por detrás dessa mesma revolta e não vitimização! Cada um sabe de si e Deus de todos! Quando não sabemos da realidade nua e crua mais vale estarmos calados como eu faço quando me deparo com desabafos semelhantes....tento dar força e fazer acreditar num novo amanhecer mas quem sou eu para criticar aquilo porque determinada pessoa passou ou está a passar? Não faço juízos de valor sem conhecimento de causa...isso nunca!

Sinto-me grata por tudo o que sou e pelo amor e felicidade que reinam no meu lar, o que nos tem ajudado nos últimos meses (já lá vai mais de um ano) a segurar o barco em pleno alto mar. Vibro com a conquista e alegria dos meus amigos, amo os meus animais, luto da forma como posso contra as injustiças e padrões estereotipados, não sou maria vai com as outras, se me virem de joelhos será apenas para rezar ou ajudar um amigo a levantar-se, e não abdico dos meus princípios e valores, que me foram transmitidos do berço pelos meus pais, por nada nem ninguém! Quando me viram do avesso viro fero porque protego os meus com todas as minhas forças e quando me calcam ou o tentam fazer então estamos mesmo mal...o que me vale é o meu sexto sentido apurado que me permite detetar à distância esses seres desprezíveis que apenas se alimentam pela infelicidade dos outros porque são ocos e negros por dentro, sem vida própria...mas a justiça divina pode tardar mas nunca falha!

O meu lema tem sido "viver um dia de cada vez", aproveitando cada momento de felicidade e cada dia que passa, sempre com os olhos bem abertos e os pés bem ligeiros! Mesmo em dias de neblina há sempre uma luz bem lá no fundo do tunel...temos é que ter o coração aberto para a detetar e seguir o nosso caminho!

Vivam e deixem viver!
Façam por ser felizes!
Amem-se mais...critiquem menos!
Deêm graças a Deus todos os dias!
Digam sempre o que pensam e sentem sem medo de represálias!
Sejam vocês próprios, sem máscaras, sejam livres de pensamento e alma!






Força tugas!



E, hoje, mais do que nunca quero ver os nossos tugas a vencerem a Alemanha...sinceramente nunca fui muito à bola com os alemães, acho os demasiado presunçosos, xenofobos, frios e calculistas para o meu gosto, e depois de ouvir as várias declarações do Selecionador daquele país então fiquei ainda com a certeza de que temos que os derrotar em campo! Nem que seja com um golo em fora de jogo ou um golo marcado com a mão (aí também me dava um certo gozo eehehe)...vamos a eles tugas....e mostrar a verdadeira raça e espírito de conquista de Portugal! Porque apesar dos apesares continua a ser para mim o país mais lindo do mundo e ainda com pessoas que vale a pena conhecer e guardar no nosso coração! Ah e o nosso hino é lindooooooo!

Alma lusitana hoje precisamos de ti!

Às armas, às armas
Pela Pátria lutar....
Contra os canhões marchar, marchar!


sábado, 14 de junho de 2014

Instagram

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Música - a minha vida

Música! Essa palavra tão mágica e que me acompanha desde pequena! Não consigo passar um dia que seja sem ouvir música e gosto de todos os géneros musicais, tudo depende do momento, das emoções, das sensações! Claro que tenho as minhas preferências top, tipo adoro as décadas de 80 e 90, onde o puro rock estava na berra com temas intemporais que ainda hoje estão no ouvido e nunca cansam ouvir.

Cantar? Sim até lhe dou um jeito e já participei em alguns karaokes e na Faculdade fiz parte da tuna académica...ai que belas recordações desses tempos...o que cantavamos era tão lindo, cheio de sentimento e então quando atuavamos em palco bem era o delíro! Uma das vezes que mais gostei foi quando se juntaram as duas tunas (feminina e masculina) e promovemos um espetaculo na Escola Superior de Jornalismo, no Porto. Foi brutal....a minha canção preferida era "Menina estás à janela" mas tocada à nossa maneira :-)

Tocar instrumentos? Sei tocar bateria (é excelente para relaxar) e flauta....adoraria aprender a tocar guitarrra...acreditam que o meu marido já me ofereceu uma mas ainda não tive tempo para me inscrever numa escola. Gosto tanto do som da guitarra, cada acorde é qualquer coisa de mágico.

Tenho alguns grupos favoritos, entre os quais destaco os Queen, U2, Bon Jovi, Queen of the Stone Age, Linkin Park, Eminem, Red Hot Chilli Pepers, Green Day, Pink, Jessy J e tantos outros...também tenho músicas que fazem parte da banda sonora da minha vida...e no numero um está o "With or without you"...lindaaaa!

E desde há uns anos para cá tenho ficado extremamente satisfeita pelo apogeu de algumas bandas e músicos portugueses que mostram a tudo e todos que cá também se faz excelente música. Dos clássicos Rui Veloso e GNR, passando pelo meu Pedro Abrunhosa, indo até à Ana Moura, Mariza, Amor Electro, Amália Hoje, Deolinda, Kika, e muitos mais....é um orgulho ver o produto nacional a crescer lá fora!

Como nos tempos que correm aquilo que mais precisamos é de amor, união, fraternidade, solidariedade, entreajuda, mãos que se ajudam, corações que se unem e luzes que nos guiem aqui fica esta musica que eu adoro do meu Pedro! Dedicada a todos os meus seguidores! Muita luz para vocês e que a felicidade acompanhe sempre o vossos caminho!


quarta-feira, 11 de junho de 2014

Kiko - sombras degradé - lançamento


Desde que entrei pela primeira vez numa loja da Kiko, marca italiana de cosméticos e maquilhagem, fiquei completamente rendida a cada produto. A relação qualidade/preço é excelente, sendo a prova viva de que não é preciso gastar balúrdios em make up, perfumes, cremes faciais e corporais, para se obter bons resultados. Já comprei diversos produtos, em especial vernizes, uma das minhas perdições e adorei. Adoro o brilho e a duraçao dos mesmos. Nas minhas unhas duram quase uma semana e basta uma simples aplicação para ficar com um efeito fantástico.
Agora fiquei a par do lançamento do trio de sombras degradé em vários tons que me deixaram completamente de boca aberta. Por apenas 5,90€ é possível usufruir de tons maravilhosos que ajudam a fazer aquele efeito esfumado nos olhos que eu tanto gosto.




Já viram bem as tonalidades disponíveis na Infinity Trio Eyeshadow? Simplesmente fantásticas.....destaco os azuis, dourados e rosas, dos meus tons favoritos...mas todos eles são lindos, por isso, a escolha será difícil.

Para ficarem a conhecer melhor este produto leiam esta breve resenha retirada do site oficial da Kiko.

- Trio de sombras inovador para o sistema reposicionável [CLICS] System™. A cobertura é ótima em utilização seca ou molhada. A difusão da cor é imediata, ultra brilhante e homogénea.
Cada sombra é composta por três graduações de uma mesma cor. Desta forma, cada cápsula permite obter um efeito esbatido dégradé impecável.

A textura do produto tem uma sensorialidade surpreendente, o toque é aveludado e confortável. A consistência especial da sombra oferece uma ótima modulabilidade da cor. Infinity Trio Eyeshadow tem uma boa aderência e mantém a sua cor pura e brilhante durante bastante tempo. O resultado é incomparável.

Infinity Trio Eyeshadow usa o sistema de engate patenteado [CLICS] System™ que permite a sua colocação nas paletas vazias KIKO Eyes Clics. As paletas, vendidas separadamente, contêm 1, 3, 4, 9 ou 24 divisórias. No seu interior, as sombras podem ser removidas e reposicionadas várias vezes. Com Infinity Trio Eyeshadow é possível assim criar uma paleta de sombras profissional completamente personalizada.

Oftalmologicamente testado.

01 Gradation Beige

02 Gradation Brown

03 Gradation Violet

04 Gradation Green

05 Gradation Blue

06 Gradation Gray

RESULTADOS

Efeito esbatido dégradé. O olhar é profundo, rico em cor pura. Perfeita aderência e elevado esbatimento oferecem uma maquilhagem de olhos sempre impecável. A reprodução cromática é homogénea.

CONSELHO

Aplicar a sombra com um aplicador de olhos seco para obter um efeito esbatido que confere maior profundidade ao olhar, com um aplicador humedecido para obter uma cor ainda mais rica e intensa.

Para realçar ainda mais o resultado, escolher um lápis para os olhos com uma tonalidade semelhante à da sombra utilizada e passá-lo na parte externa do olho ao longo da linha inferior das pestanas.

Repetir a aplicação para um efeito mais intenso.

Pobreza camuflada no Mundial





Depois de no último Europeu terem sido cometido atrocidades contra os animais abandonados, que foram assassinados sem dó nem piedade por verdadeiros monstros, agora é a pobreza camuflada que irá marcar este Mundial do Brasil. Num país com imensas carências, onde morrem mais de cem pessoas por dia, muitas por assaltos ou rixas nas favelas, onde faltam hospitais e escolas com as mínimas condições exigidas para cada ser humano, onde o saneamento básico e água potável puramente não existe em determinadas regiões, o desemprego tem números assustadores, e tanto mais.... sobretudo faltando acabar com as discrepâncias entre os ricos e os pobres, dou razão aos imensos protestos levados a cabo pelos brasileiros nas últimas semanas. Muitos, na sua maioria, violentos, mas foi a forma encontrada por este povo de um país conhecido como o "sol, futebol e samba" para mostrarem ao mundo a sua indignação perante a miséria em que vivem milhares e milhares de famílias, sem emprego, sem um tecto, sem quase nada.
Claro que as coisas já foram bem piores mas num país tão enorme é difícil conseguir que tudo fique melhor de um dia para o outro. Os milhares de euros gastos na construção e remodelação de estádios, e em outras infra-estruturas, vieram também dos cofres da FIFA e a nível de turismo o país terá muito a ganhar. Mas já se sabe dos perigos que os turistas correm em cada rua e daí os alertas para seguirem apenas os itinerários antecipadamente traçados pelas forças policiais, designadamente no Rio de Janeiro, e para não andarem com objetos de valor quer de dia ou de noite. Confesso que este é um país que nunca me chamou a atenção sobretudo pela extrema violência que teima em não parar e tenho imensa pena, sobretudo, das crianças criadas ao deus dará como se costuma dizer. Não nego que se trata de uma nação com uma beleza natural genuína, com praias de cortar a respiração, e onde um português da classe média poderá ser lá considerado quase como um milionário.
Em vésperas do jogo inaugural entre o Brasil e a Croácia é natural que os brasileiros se esqueçam por momentos das extremas dificuldades com que se deparam no dia a dia para apoiarem os seus e como vivem o futebol de forma muito intensa penso que não irá existir qualquer problema. Assim espero que aconteça para o bem de todos. Quer do público, das várias seleções e dos profissionais da Comunicação Social que vão acompanhar este grande evento. Que o Cristo Rei os protega a todos, sobretudo muitos dos meus colegas de trabalho que já lá estão....e que no final vença o melhor...e que este seja o princípio da tão desejada mudança esperada num país feito de contrastes!

AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...