terça-feira, 24 de junho de 2014

Os pés merecem o melhor tratamento


Como sabem os nossos pés sofrem um grande desgaste ao longo de todos os dias, não só por suportarem o peso do nosso corpo, como também se tivermos profissões que nos obriguem a estar de pé muito tempo, acabando por sentirmos os reflexos de toda essa sobrecarga. Até aos meus 12 anos sofri de um grave problema com as unhas encravadas (uma vez até me arrancaram, a sangue frio, a unha do dedo grande do pé...meu deus que dores...nem é bom lembrar), e ainda me recordo de ter o pé todo ligado, ainda por cima no verão, e o meu pai ter de me levar ao colo para o areal. Foram anos de muito sofrimento porque nunca deixei que a minha mãe me cortasse as unhas (começa aos berros lolololol) e então armada em sabichona cortava-as eu mas sem saber o que estava a fazer. Um dia tive uma consulta num podologista e, a partir daí, acabaram-se os meus problemas....felizmente!

Dos conselhos que me disse retenho a importância de nunca cortarmos os cantos das unhas, sobretudo do dedo grande, e as mesmas têm de ser cortadas a direito, sem nunca mexer nos cantos. Ao mínimo sinal de dor, que significa que a unha está prestes a encravar, devemos colocar logo um pouco de algodão no cantinho da unha, com a ajuda de um palito e remédio santo. A unha nunca mais chega a perfurar a pele, o que provoca as infecções, e depois de já estarem mais crescidas retiramos o algodão. Este tratamento deve ser repetido dos os dias.

E os pés também necessitam de hidratação, sobretudo na zona dos calcanhares, com a aplicação de um creme depois de tomarmos banho, fazendo uma massagem pelo pé todo. Também pode haver o problema de micoses nas unhas, aí so tratadas com medicamentos específicos, ou então de aberturas no meio dos dedos, nesse caso tratadas com a aplicação de pó de talco sempre que lavarmos os pés.
Colocar os pés de molho numa bacia com água enorme e um punhado de sal grosso faz maravilhas, porque ajuda a relaxar e a regenerar.

Cuidem dos vossos pés como se das unhas das mãos se tratasse!

1 comentário:

  1. Olá! Bem essa do não devemos cortar os cantinhos das unhas não fazia ideia, eu costumo cortar e se não cortar estou constantemente a mexer neles quando estou sem meias sentada no sofá :p coisa pouco higiénica mas é um vício. Por acaso nunca tive problemas de unhas encravadas e também por isso é que até hoje sempre cortei os cantinhos, por pensar que ajudava a prevenir. Quanto a calcanhares uso um creme da neutrogena, é super bom, de um dia para o outro deixa os pés e principalmente os calcanhares como novos! Essa da água e do sal grosso costumo fazer por vezes no verão, é milagroso e a minha mãe também costuma ter esse hábito porque tem quase sempre os pés inchados de trabalhar todo o dia em pé. um beijinho*
    Visita: www.naturecolourviolet.blogspot.pt

    ResponderEliminar

AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...