Avançar para o conteúdo principal

Os pés merecem o melhor tratamento


Como sabem os nossos pés sofrem um grande desgaste ao longo de todos os dias, não só por suportarem o peso do nosso corpo, como também se tivermos profissões que nos obriguem a estar de pé muito tempo, acabando por sentirmos os reflexos de toda essa sobrecarga. Até aos meus 12 anos sofri de um grave problema com as unhas encravadas (uma vez até me arrancaram, a sangue frio, a unha do dedo grande do pé...meu deus que dores...nem é bom lembrar), e ainda me recordo de ter o pé todo ligado, ainda por cima no verão, e o meu pai ter de me levar ao colo para o areal. Foram anos de muito sofrimento porque nunca deixei que a minha mãe me cortasse as unhas (começa aos berros lolololol) e então armada em sabichona cortava-as eu mas sem saber o que estava a fazer. Um dia tive uma consulta num podologista e, a partir daí, acabaram-se os meus problemas....felizmente!

Dos conselhos que me disse retenho a importância de nunca cortarmos os cantos das unhas, sobretudo do dedo grande, e as mesmas têm de ser cortadas a direito, sem nunca mexer nos cantos. Ao mínimo sinal de dor, que significa que a unha está prestes a encravar, devemos colocar logo um pouco de algodão no cantinho da unha, com a ajuda de um palito e remédio santo. A unha nunca mais chega a perfurar a pele, o que provoca as infecções, e depois de já estarem mais crescidas retiramos o algodão. Este tratamento deve ser repetido dos os dias.

E os pés também necessitam de hidratação, sobretudo na zona dos calcanhares, com a aplicação de um creme depois de tomarmos banho, fazendo uma massagem pelo pé todo. Também pode haver o problema de micoses nas unhas, aí so tratadas com medicamentos específicos, ou então de aberturas no meio dos dedos, nesse caso tratadas com a aplicação de pó de talco sempre que lavarmos os pés.
Colocar os pés de molho numa bacia com água enorme e um punhado de sal grosso faz maravilhas, porque ajuda a relaxar e a regenerar.

Cuidem dos vossos pés como se das unhas das mãos se tratasse!

Comentários

  1. Olá! Bem essa do não devemos cortar os cantinhos das unhas não fazia ideia, eu costumo cortar e se não cortar estou constantemente a mexer neles quando estou sem meias sentada no sofá :p coisa pouco higiénica mas é um vício. Por acaso nunca tive problemas de unhas encravadas e também por isso é que até hoje sempre cortei os cantinhos, por pensar que ajudava a prevenir. Quanto a calcanhares uso um creme da neutrogena, é super bom, de um dia para o outro deixa os pés e principalmente os calcanhares como novos! Essa da água e do sal grosso costumo fazer por vezes no verão, é milagroso e a minha mãe também costuma ter esse hábito porque tem quase sempre os pés inchados de trabalhar todo o dia em pé. um beijinho*
    Visita: www.naturecolourviolet.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Feira de Artesanato de Vila do Conde 2016

Wonder Laces - mais um exemplo do que bem se faz em Portugal

Nasceu para dar uma nova vida às sapatilhas que temos em casa, desafiando - através de aplicações - a criatividade e o estilo pessoal de cada um, de uma forma simples e económica. Chama-se WONDER LACES e é a primeira empresa portuguesa a dar resposta a uma nova tendência de moda estilizada. A WONDER LACES tem à frente Madalena Ruão Garcez, fundadora e gestora da marca que criou em Março deste ano. A responsável explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A WONDER LACES surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica. Atacadores, …