Avançar para o conteúdo principal

E mais uma primavera....



E mais uma primavera que completo hoje, dia 24 de junho...dia de São João, o meu santo padroeiro, em quem deposito grande parte da minha fé! Sinto-me feliz por fazer anos num dia festa espalhada por muitos recantos do nosso Portugal, com destaque para Porto, Braga, Vila do Conde e Guimarães, minha cidade berço que me viu nascer há 35 anos....bem só as 23h15 é que vim ao mundo, por isso, ainda faltam umas horinhas para festejar mesmo a sério :-)

Não sou muito adepta de festa de anos, já o fui em tempos quando era criança...era uma delícia ver mais um ano a passar e sempre aquela ânsia tão comum a todos nós de completarmos 18 anos...a partir daí vamos somando mais um ano, de experiências vividades, de sonhos acalentados, de frustrações e desilusões que também fazer parte da vida, de momentos puros de alegria, de gentos simples vindos de quem mais gostamos, de muita luta para alcançarmos aquilo que queremos...mas o que seria a nossa vida sem isto? algo sensaborão....eu adoro lutar, gosto de enfrentar desafios, ultrapassar obstáculos, e se perder uma batalha sei que ainda há uma guerra para vencer...não passo por cima de nada nem ninguém para atingir o que quero, vivo a minha própria vida, por vezes gostaria de ter mais um pouco de paz e tranquilidade mas o sufoco está a contaminar a sociedade, e de pendurar a minha espada e armadura por uns momentos. Mas pronto eu nasci para lutar, guerreira é o meu nome do meio, ou não tivesse eu nascido na cidade dos conquistadores!

Confesso que este ano que passou não foi nada fácil, deparei me com muitas dificuldades mas estou cá de pé e cabeça levantada para contar a história...às vezes revolta me o facto de serem os mais bons e puros de espírito a sofrer mas sempre foi assim....se há coisa que aprendi nestes 12 meses que passaram foi saber com quem realmente posso contar e, por isso, fiz delete a muita gente que não acrescentava nada à minha vida, apenas estava lá para me tentar desmoralizar ou por interesses secundários. Isso eu não suporto...ou estão comigo em todos os momentos, sejam de alegria ou tristeza, ou então não vale a pena...porque eu sou assim com os meus e os meus amigos...tento estar sempre lá em todas as ocasiões e nunca lhes viro a cara, estendo-lhes sempre a mão para os ajudar a levantarem-se e faço aquilo que está ao meu alcançe para os ver sempre a sorrir.

Também aprendi a desvalorizar quem vale zero, para esses desprezo total, porque Deus onde está não dorme! Felizmente, aos poucos e com calma, as coisas vão-se compondo, e sei que está na hora de dar uma reviravolta na minha vida em termos profissionais....dê por onde der, custe o que custar, eu vou conseguir aquilo que anseio há tanto tempo...eu sei que sou capaz...só tenho de esperar pelo momento certo e, então aí, sentir-me-ei completamente realizada, também para bem da minha sanidade mental porque há coisas que não entendo, que me fazem mal e para me ver livre delas só dando uma reviravolta total.

Neste ano que passou também me empenhei forte aqui no meu (vosso) cantinho, onde vou falando de tudo um pouco, tentando mante-lo sempre atualizado, mediante a minha disponibilidade, porque além do meu trabalho, também faço o meu artesanato e as minhas vendas no facebook. Por lá conheci virtualmente pessoas muito especiais, que já estão no meu coração, e que sei que um dia as vou conhecer pessoalmente!

Agradeço a todos que passaram pela minha vida nestes últimos 12 meses e que, por um motivo ou outro, me levaram a aprender, a crescer, a abrir o olho, ajudaram-me quando mais precisei, estiveram lá para me escutar.

E lá se vão os 34...chegam os 35...que venham com muita saúde, felicidade, amor e paz...que é o que mais desejo para mim e todos os que moram no meu coração!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Feira de Artesanato de Vila do Conde 2016

Wonder Laces - mais um exemplo do que bem se faz em Portugal

Nasceu para dar uma nova vida às sapatilhas que temos em casa, desafiando - através de aplicações - a criatividade e o estilo pessoal de cada um, de uma forma simples e económica. Chama-se WONDER LACES e é a primeira empresa portuguesa a dar resposta a uma nova tendência de moda estilizada. A WONDER LACES tem à frente Madalena Ruão Garcez, fundadora e gestora da marca que criou em Março deste ano. A responsável explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A WONDER LACES surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica. Atacadores, …