domingo, 29 de dezembro de 2013

É preciso limpar!

Olho para trás e vejo com a vida nos pode surpreender. Umas vezes pela positiva, outras pela negativa. Mas é mesmo assim, nem sempre tudo corre como queremos, até porque a mais bela das rosas tem os seus espinhos. Ao longo de todo este tempo conheci muitas pessoas, também como fruto da minha profissão, e que ainda hoje se lembram de mim e perguntam como estou. Não pode haver nada de mais gratificante do que isto...pequenas palavras que valem por mil ações.

 É isto que me leva a continuar a trilhar o meu caminho, de encontro a um sonho de longa data que, eu lá no fundo, sei que vou conseguir concretizar. Pode demorar, porque comigo nunca nada caiu do céu, mas vou lá chegar e nesse dia vou dar graças a Deus por essa conquista. Enquanto isto congratulo-me pelo facto de ser lembrada com carinho por pessoas com quem já não falo há imenso tempo, fruto das mudanças na carreira, mas que nunca se esqueceram de mim e enviam-me sempre cumprimentos através dos meus colegas. O quanto isto me deixa feliz!!!! 

Em contrapartida há amizades de longa data que eu julgava serem fortes e recíprocas mas afinal a máscara caiu e vi que realmente essa gente não merece um pingo da minha consideração. Sou uma pessoa muito sensível, pelos amigos faço tudo o que está ao meu alcance, só que, alguns, quando eu mais precisava não estavam lá e é nos momentos menos bons que vemos a qualidade dos ditos amigos. Nem sequer estenderam um dedo para me amparar. 

Por isso fiz uma profunda limpeza e joguei fora tudo aquilo que me fazia mal. Infelizmente, nesta sociedade, cada vez mais, as pessoas olham apenas para o seu umbigo e não me venham com desculpas que é da crise financeira. A culpa é da crise..mas de valores e princípios. A esses faz-lhes falta crescer e verem o que é de facto a vida...porque não fazem a mínima ideia do que ela é. Sempre tiveram tudo de mão beijada, nunca fizeram o mínimo de esforço para conseguirem algo, enquanto outros fazem das tripas coração para sobreviverem e, sem falsas modéstias, digo-o com toda a frontalidade e sinceridade, se tivessem passado por metade do que já passei acreditem que se tinham borrado todos e nunca mais se levantavam. Falta-lhes entender o significado da palavra "humanidade, solidariedade e fraternidade" mas não sou eu que lhes vou ensinar isso. Que cresçam e apareçam mas nesse dia já será tarde demais porque se baterem à minha porta ela já não se abre para eles. 

Tenho o meu próprio mundo onde só entra quem eu quero e quem merece. Tive de aprender a ser mais fria, sem me deixar levar em demasia pelas emoções, deixando-me guiar apenas pela razão e acreditem que foi o melhor que podia ter feito até hoje. Afinal este mundo é de escolhas, eles fizeram as deles e eu faço as minhas. Não sou melhor nem pior do que ninguém. Simplesmente sou eu, com muita auto-estima e orgulho em mim própria. Nunca precisei de bajular ninguém nem de dar graxa. Era o que mais faltava! Isso nunca fiz, não faço nem nunca farei. Para tachos e panelices não contem comigo! 

Felizmente há os que tenho no meu coração para sempre....amizades de décadas que ficam e irão ficar para sempre...agora sei com quem posso contar....pessoas que até nem conheço pessoalmente e outras que já nem vejo há algum tempo mas sei que estão ali...nem que seja com uma palavra de encorajamento! Isso sim vale por tudo! A vocês, que sabem quem são, o meu muito obrigado por estarem no meu pequeno mundo! E já sabem que podem contar comigo nas horas boas e más. 

Vamos a um desafio?

Escreva uma palavra especial que você deseja que esteja presente na sua vida em 2014 . 

A minha "mudança"

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Reveillon 2014

Aqui ficam algumas ideias para uma passagem de ano com muito estilo...muito por onde escolher de acordo com o gosto de cada uma :-) eu adoro vestir de branco nesta altura, é uma cor que traz paz e muita tranquilidade!!!!
Deixo vos antes com uma tabela sobre o significado de cada cor para a virada do ano e usem aquela que mais gostarem!!!





























Este é o meu desejo para toda(o)s vocês em 2014!!!!


domingo, 22 de dezembro de 2013

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Vitória Sport Clube

Apresentação de vários novidades na loja oficial do clube, localizada no Espaço Guimarães
- nova linha de roupa
- perfume para homem e mulher
- autocolante solidário
- livro de edição ilimitada (100 exemplares) sobre os melhores momentos da conquista da Taça de Portugal em 26 de maio de 2013






Todos juntos pela Asaast!

https://www.facebook.com/events/582557495151402/?fref=ts

Atraves deste link podem aceder a um evento solidario que eu criei em nome da Asaast, associaçao localizada em Santo Tirso, que recolher animais abandonados e tenta encontrar lhes um lar onde tenham todo o amor e dedicação que merecem. Sao 250 cães que precisam da ajuda de todos nós e eu como sócia da associação tinha de fazer qualquer coisa para ajudar!

Por isso peço, de coração, que visitem o evento, se puderem comprem uma rifa que custa apenas 1 euro e recebem um miminho....todos juntos podemos fazer a diferença em nome destes seres fantásticos que eu tanto adoro!



quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Tributo de Pedro Abrunhosa a Nelson Mandela que hoje partiu :-(

O Tempo que temos é finito. Eterna apenas a Obra que deixarmos: vivemos, pensámos, agimos. Eis a nossa marca. A Vida não deve ser, em nenhuma circunstância, um acto impassível de contemplação perante o fatal rodar dos ponteiros, mas uma permanente revolta interior de busca por uma existência mais digna, para nós e para todos. 
Há Homens que nunca se deixam dominar, que não se subjugam à falsa inevitabilidade do destino dedicando todas as suas energias a mudá.lo. Durante a tentativa, alguns conseguem-no, arrastando toda a Humanidade na sua peugada, na sua difícil dialéctica de cavalgar os dias. Contudo, tentar, é já uma forma maior de se fazer prova de vida, de mudança, de futuro, de inconformidade. E essas são as características que nos separam de todas as espécies existentes: o destino do Homem não é ser escravo. É libertar-se
Nelson Mandela é um exemplo que moldará para sempre a maneira como se escreverá a História do Mundo. Quando injustiçado, lutou. Quando preso, resistiu. Quando eleito Presidente da Republica, perdoou. E aos que durante décadas o torturaram, humilharam e privaram da liberdade, mostrou, como só os magnânimos sabem fazer, que os inimigos apenas duram o tempo que lhes concedermos, e ao terem agido por ignorância, isso não faz deles maus, mas homens. E assim, Mandela venceu. Por nós, tinha que vencer.
Hoje, findo o tempo da sua existência terrena, acredito que se tornará poeira a sua matéria, e Infinito o infinito legado que deixa à Humanidade.
Vives em mim. Viverás assim em tantos e tantos mais. Obrigado, Madiba!' 


Pedro Abrunhosa

Pobreza aumenta a olhos vistos!




De acordo com uma noticia hoje divulgada na TV um quarto da população portuguesa, ou seja mais de 2,7 milhões, estão em risco de pobreza ou exclusão social. Uma triste realidade que nos faz remontar ao período antes do 25 de abril de 1974 onde tudo era racionado, tal como me contam os meus pais, e uma sardinha chegava a dar para quatro pessoas. Mas aí até se compreendia, em parte, porque em média cada casal tinha mais do que seis filhos e era muito complicado alimentar tantas bocas. A minha mãe costuma dizer que fome nunca passou mas dificuldades sim.
Agora, este é o resultado de uma política cada vez mais anti-social, cujos governantes apenas se preocupam com a classe mais abastada do país e não têm o mínimo de sensibilidade ou princípio de solidariedade. Com os cortes e mais cortes a nível de todos os apoios sociais é normal que Portugal esteja a enfrentar este duro cenário e não há nenhuma luz ao fundo do túnel capaz de acabar com este inferno. Além do aumento da taxa de desemprego, dos jovens que são obrigados a emigrar, deixando para trás familiares e amigos, em busca de melhores condições de vida, a fome passou a ser também uma realidade diária. Mas quanto a isso o que fazem os governantes? Zeroooo....nadaaaaa! Se não fossem as instituições de solidariedade social ou a boa-vontade de muitas pessoas isto ainda estava pior...cada vez mais se recorre à chamada sopa dos pobres, o Banco Alimentar contra a Fome não consegue responder a todas as solicitações...e então se falarmos na pobreza escondida, a mais difícil de detetar e solucionar, então é mesmo para colocar as mãos na cabeça e pensar: "Será que estamos mesmo no século XXI?" Sim...estamos e o país está no estado em que está...há manifestações por todo o lado, todos pedem a demissão do Governo entregue aos mandamentos de uma troika sugadora onde não se respeitam os principios básicos da Constituição...mas não há um fdp com eles no sítio para fazer ver ao Coelho e Cavaco que a unica solução é deixarem o poleiro! Já não se aguenta tanta austeridade...tanta pressão...tanto opressão aos pobres e aos que trabalham diariamente, que são aqueles que andam também a pagar uma crise que não ajudaram a criar...tanto sufoco!!!! E mais dois anos a levar com isto? Quem é que aguenta? Apenas os milionárias que vão proliferando por aí nos seus grandes bólides porque em alturas de crise económica são os que mais se safam...aliás os corruptos passeiam-se por aí impávidos e serenos sem que sejam sancionados pelos milhões que roubaram ao país...se houvesse justiça a sério não estaríamos assim! Mas infelizmente a justiça quando nasce não é para todos...