quinta-feira, 27 de abril de 2017

Um mistério chamado vida

A vida, esse dom precioso, acaba por se tornar um grande mistério pois o segredo não está em viver mas em saber viver. Só que as circunstâncias atuais tomam conta da nossa mente, sem deixar quase espaço para respirarmos. Chega a um ponto em que pensamos: mas eu vivo para pagar contas???
Sim, é verdade. As responsabilidades que temos são para cumprir e, quem é sério e honesto, sabe que no final de cada mês tem de assumir os seus compromissos. Pataca ganha, pataca gasta...lá diz o sábio povo....pois quem não nasceu num berço dourado sabe bem o que são dificuldades, numa luta constante e diária para conseguir sobreviver. No meio de toda esta tormenta acho que temos de parar para pensar e não nos deixarmos aprisionar pelas escolhas que fizemos no passado ou no presente, que em muito podem, e vão, condicionar o nosso futuro. Temos de encontrar um tempinho para nós, para os nossos, para respirarmos ar puro, contatar com a natureza, apreciar a beleza das coisas simples e natuais, sem nos deixarmos afogar nesta amálgama de responsabilidades e mais responsabilidades. Somos mulheres, homens, filhos, filhas, pais, mães, tios, tias, madrinhas, padrinhos, empregados ou patrões...mas acima de tudo somos seres humanos e esta vida é uma mera passagem. Temos de aproveitar aqueles pequenos instantes para inspirar e expirar, libertar o stress diário porque, caso contrário, é a vida que passa por nós, enquanto somos meros espetadores. Sejamos sim os autores da nossa história, com papel ativo para bem na nossa sanidade mental.


AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...