quinta-feira, 4 de maio de 2017

Amuletos e seu significado


Desde a Antiguidade que o Homem usa amuletos de proteção, cada um com a sua simbologia própria. Existem inúmeros, com as suas propriedades particulares mas uma coisa que nunca se podem esquecer é de os energizar, caso contrário não funcionam na perfeição. 
Para isso basta passá-los por sal grosso em água corrente, deixa-los durante a noite a apanhar a energia da lua e, no dia seguinte, a luz do sol. Depois é usar de acordo com as necessidades, sem nunca deixar que ninguém lhes toque para não os "contaminar" com más energias.
Aqui seguem alguns exemplos:



Elefante: muito usado para atrair riqueza e prosperidade. Algumas pessoas trazem-no na mala ou porta-chaves. O mais comum é ter em casa ou trabalho sobre a mesa. Em geral, ficam de costas para a porta de entrada, pois dizem que nesta posição atrai sorte.

Figa: é um dos amuletos de proteção mais usados em todo o Mundo, diz-se que começou por ser usada pelos Romanos e pelos Etruscos, que a associavam à fertilidade e que a usavam, principalmente as mulheres e as crianças, para garantir a saúde. Em italiano é chamada "Mano Fico", sendo que mano significa mão e fico significa figo, e a figueira é uma árvore associada à fertilidade e aos órgãos sexuais femininos. Com a chegada do Cristianismo, a figa deixou de ser associada à fertilidade, pois o corpo deixou de ser visto como uma coisa bela, passando a estar associado ao pecado. Por representar um "gesto feio", a figa passou a ser usada como uma armadilha para atrair as atenções do Diabo, que não resistiria a olhar por ser atraído para tudo o que era obsceno. Dessa forma, a pessoa que usasse uma figa consigo estaria a salvo, pois o Diabo olharia para a figa e não para ela. Assim, os cristãos passaram a usar a figa como uma forma de se protegerem de todo o mal e por essa razão este amuleto tornou-se tão popular, afastando o mau olhado, a inveja e todas as energias negativas que sejam lançadas sobre a pessoa que traz a figa.

Sol: é um dos símbolos universais de prosperidade, sorte e protecção. Em muitas culturas, o sol simbolizava a vida, as divindades e o ouro. Ter um sol sempre à vista, representa ter luz no ambiente.


Peixes: para os orientais é um símbolo de riqueza e abundância. Podem também significar fertilidade.

Lua: é uma figura que traz protecção e amor. Pode ser usado em quadros, tecidos, ou como pingente
Pomba: símbolo da paz. Ter dentro de casa uma estatueta com este pássaro é trazer tranquilidade para família. Para muitos, é um símbolo de espiritualidade.
Moedas da sorte: representam riqueza e bens materiais. Atraem bons negócios e prosperidade. É muito comum ter em casas orientais três moedas chinesas presas no meio por um cordão vermelho.

Buda: a imagem de Buda é símbolo de fortuna, paz e felicidade. Entre as várias imagens de Buda, existe uma que é conhecida como Buda da riqueza, aquele que está sempre a sorrir. Este Buda deve ser colocado num pires com moedas ou arroz. Irá atrair sorte, fortuna e alegria.

Olho Turco: usado como talismã de protecção contra o olho gordo. Para muitos, pode ser usado para atrair sorte

Olho de cabra: são sementes de uma árvore, usadas para afastar inveja e atrair sorte.

Trevo de quatro folhas: é um dos símbolos mais antigos para atrair boa fortuna. Dizem que quem acha um trevo de quatro folhas terá sorte eterna.

Fita do Senhor do Bonfim: originário da Bahia, a fita do Senhor do Bonfim é usada por todos para atrair sorte e aquilo que for pedido nos três nós que são dados enquanto prendemos a fita no braço. Dizem que tem mais força quando nos é oferecida.


Estrela de David: é uma estrela de seis pontas que usada junto ao corpo ou em casa atrai a protecção e a prosperidade.
Ferradura: muito usada atrás das portas de residências e comércio para atrair sorte e cortar com a negatividade.

Sapo da fortuna: muito usado para atrair riqueza. É claro que existem muitos outros símbolos de sorte. Use aqueles que você realmente acredita que irá atrair sorte para você e sua vida. 

Infinito: O oito deitado é o símbolo do infinito, do que não tem princípio nem fim. Significa também esplendor, plenitude, grandeza, imensidade, infinidade. Psicologicamente é o momento da consciencialização de que o EU SOU Deus, isto é, Ser, Vida, Consciência. Significa que está a evoluir, a avançar para Deus.

Om: o som Om é considerado pelos Hindus como o mantra mais poderoso e sagrado. Considera-se o som primordial da criação do Universo, que contém todos os sons, palavras, linguagens e mantras. Considera-se ser a raiz do Universo, que continua a manter tudo unido.

Mão de Fátima: símbolo de poder, força e protecção. A mão representa os 5 pilares do Islão, e o nome Fátima vem da filha de Muhammad, Fatima Zahra, que para os Muçulmanos é considerada santa e sem pecado, tal como a Virgem Maria para os Católicos.

Chave: as chaves representam a união entre o Céu e a Terra, pois relacionam-se com a autoridade da Igreja católica, e a capacidade de unir e absolver dos pecados. Muitas religiões utilizam este símbolo para favorecer situações que envolvam mudanças.







segunda-feira, 1 de maio de 2017

Os "duas caras"

Pior do que a crise económica é a tremenda crise de valores...isto é que eu já digo há mais de um ano e, cada dia que passa vou tendo provas de que a sociedade está mesmo no abismo...não pelas dificuldades financeiras (porque mais cedo ou mais tarde isso vai-se resolvendo) mas sim pelos princípios, carater e ideais que vai perdendo...o bom disto, se é que há alguma coisa de boa nisto, é que as máscaras não duram para sempre e chega a uma altura em que caem! Então aí vemos quem na realidade são esses seres que se pavoneiam por esta sociedade, armadas em santas, e, bem lá no fundo, valem zerooooooo!
De minha parte merecem o meu total repúdio e desprezo...mas esquecem-se de uma coisa...a lei do karma, a lei do retorno...porque tudo o que desejares ou fizeres de mal a alguém um dia cai em ti a triplicar...cá se fazem cá se pagam e como Deus onde está não dorme um dia vão sentir na pele todo o veneno que destilam por mim, pensando que os outros andam a papar sono ou nasceram ontem. O mal é que muita boa gente, como eu, não deixa que lhe atirem areia para os olhos e topo logo esses seres mesquinhos a quilómetros de distância...
Coitados dos que pensam que vão chegar a algum lado tentando espezinhar ou passar por cima de alguém...até o podem conseguir mas tão depressa sobem como tão depressa caem...e a queda é de tal forma brutal que até ficam "banzadas"! Gente de duas caras é o que não falta neste mundo e nós para nos protegermos, e também para bem da nossa sanidade mental, o melhor mesmo é dar ao desprezo, tentar ignorar, e entregar tudo nas mãos d'ELE...aquele que tudo vê, que é omnipresente...e na altura certa far-se-á a justiça divina!


O desafio da Preguiça Azul

Com a Internet a ser cada vez mais responsável pela criação de verdadeiras ondas de perigo e de casos de bradar aos céus, como a "Baleia Azul", cujo mentor já foi detido pelas autoridades e acho que na prisão já lhe acertaram o passo, levando ao suicídio de centenas de adolescentes pelo mundo, achei bem propositado a criação do desafio da Preguiça Azul para ver se os nossos jovens abrem bem os olhos, conseguindo distinguir os focos de perigo, não entrando em esquemas e jogos tão parvos e perigosos.


Feliz pelo Aves de antigamente...

Com carteira profissional de jornalista durante 15 anos, quase toda a minha vida foi dedicada ao universo do futebol, como jornalista desportiva, criando aqui e ali laços que perduram no tempo e amizades que ainda conservo. Portista de alma e coração tenho também clubes pelos quais aprendi a nutrir um carinho e respeito como é o caso do CD Aves, clube recentemente promovido à Liga NOS. Acompanhei de perto as últimas duas subidas, foi a autora do livro de comemoração dos 75 anos do clube e lá trabalhei como Assessora de Imprensa, tendo sido a responsável pelo renascimento da página no facebook e a criação do site oficial. Dois desafios aos quais me entreguei de corpo e alma, e que terão a minha marca para a eternidade. Por circunstâncias adversas, que nem vale a pena falar porque é uma perda de tempo, só tenho uma coisa a dizer: os homens passam mas o clube fica. Tenho saudades do Aves de antigamente, com pessoas dedicadas e genuínas, respeitadores, que vestiam e amavam aquela camisola, e que não o viam apenas como um negócio e uma fonte de receitas.
Mas este é o sinal dos tempos modernos e temos de saber lidar com eles.



AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...