Avançar para o conteúdo principal

Tributo de Pedro Abrunhosa a Nelson Mandela que hoje partiu :-(

O Tempo que temos é finito. Eterna apenas a Obra que deixarmos: vivemos, pensámos, agimos. Eis a nossa marca. A Vida não deve ser, em nenhuma circunstância, um acto impassível de contemplação perante o fatal rodar dos ponteiros, mas uma permanente revolta interior de busca por uma existência mais digna, para nós e para todos. 
Há Homens que nunca se deixam dominar, que não se subjugam à falsa inevitabilidade do destino dedicando todas as suas energias a mudá.lo. Durante a tentativa, alguns conseguem-no, arrastando toda a Humanidade na sua peugada, na sua difícil dialéctica de cavalgar os dias. Contudo, tentar, é já uma forma maior de se fazer prova de vida, de mudança, de futuro, de inconformidade. E essas são as características que nos separam de todas as espécies existentes: o destino do Homem não é ser escravo. É libertar-se
Nelson Mandela é um exemplo que moldará para sempre a maneira como se escreverá a História do Mundo. Quando injustiçado, lutou. Quando preso, resistiu. Quando eleito Presidente da Republica, perdoou. E aos que durante décadas o torturaram, humilharam e privaram da liberdade, mostrou, como só os magnânimos sabem fazer, que os inimigos apenas duram o tempo que lhes concedermos, e ao terem agido por ignorância, isso não faz deles maus, mas homens. E assim, Mandela venceu. Por nós, tinha que vencer.
Hoje, findo o tempo da sua existência terrena, acredito que se tornará poeira a sua matéria, e Infinito o infinito legado que deixa à Humanidade.
Vives em mim. Viverás assim em tantos e tantos mais. Obrigado, Madiba!' 


Pedro Abrunhosa

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Feira de Artesanato de Vila do Conde 2016

Wonder Laces - mais um exemplo do que bem se faz em Portugal

Nasceu para dar uma nova vida às sapatilhas que temos em casa, desafiando - através de aplicações - a criatividade e o estilo pessoal de cada um, de uma forma simples e económica. Chama-se WONDER LACES e é a primeira empresa portuguesa a dar resposta a uma nova tendência de moda estilizada. A WONDER LACES tem à frente Madalena Ruão Garcez, fundadora e gestora da marca que criou em Março deste ano. A responsável explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A WONDER LACES surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica. Atacadores, …