Avançar para o conteúdo principal

Como se livrar das más energias

Seja qual for a nossa religião, crença, ideologias, ninguém pode ficar indiferente ao facto de o universo estar envolto em energias, canalizadas por vários meios, e nós próprios, como habitantes do planeta Terra, absorvemos, de forma mais ou menos intensa, tudo aquilo que é emanado por alguém ou por determinado espaço. Um dos segredos para tentarmos bloquear esses fluxos energéticos passa por pensar positivo, meditar, orar, chamar o nosso anjo da guarda..uma mente forte muito dificilmente se deixa abalar.


Qualquer um de nós já deve ter sentido uma forte dor de cabeça momentânea, um mal estar repentino, uma sensação inexplicável de querer "fugir" de certo lugar, um aperto no peito...estes são sinais enviados pelo nosso corpo como uma espécie de alerta que são mais profundos para os chamados seres "sensitivos". Estes são como uma esponja que por onde passam absorvem tudo e, depois, é necessário fazer uma limpeza espiritual porque, caso contrários, os sintomas permanecem e podem tornar-se mais complexos. 

Isto sem esquecer os chamados "vampiros", aqueles que forma consciente ou inconsciente, sugam-nos a nossa energia. Quando estamos frente a frente com essas pessoas ficamos de tal forma em baixo que parece que estamos noutra dimensão, quase como a flutuar no tempo e espaço. Um conselho que posso já deixar quando vocês estiverem nesta situação é cruzar firmemente os braços junto ao peito, fechando, assim, um dos chakras mais sagrados e impedindo a entrada de más energias no nosso corpo. 


E para neutralizar isso e muito mais deixo aqui algumas ficas preciosas:

Limpeza do espaço físico
-  Um dos primeiros passos passa pela limpeza física do ambientes. Doar o que estiver em bom estado. Jogar fora o que não serve mais. Abrir as janelas areja o local. Luz solar e ar puro são aliados nessa higiene espiritual. Isso vale para nossa casa e ambiente de trabalho. Aproveite para rezar uma Ave Maria, um Pai Nosso ou os salmos 54 ou 96 enquanto faz a limpeza. Você pode fazer as limpezas diariamente.

Limpeza com arruda 
- Passe no seu corpo um ramo pequeno de arruda. Faça movimentos leves, passe a planta pela cabeça, testa, peito e na região do estômago. A limpeza dura 10 minutos. No final, coloque o ramo no lixo.

Limpeza com sal grosso
- É uma técnica de imersão. Dissolva 2 ou 3 colheres de sal grosso num litro de água mineral, sente-se num local confortável e mergulhe seus pés. Feche os olhos, respire fundo, eleve seus pensamentos e sentimentos. Fique assim por 15 minutos. Deite a água com sal na sanita. Também pode limpar qualquer divisão da casa com essa mistura. Faça essa limpeza uma vez por mês.

Limpeza com anil
- Pode ser usado anil em pedra, pó ou líquido. Coloque uma colher de sopa para cada dois litros de água. Molhe um pano com essa mistura e passe no chão, janela, azulejos, gavetas, batentes de portas. Faça a limpeza com anil uma vez por mês.

Limpeza com respiração
- Respiração profunda remove as más energias espirituais. Sente-se ou deite-se confortavelmente, respire calma e profundamente por vinte vezes. A expiração deve ter o mesmo tempo da inspiração. Caso sinta tonturas, reduza a intensidade da respiração. Mas, não há motivo para pânico. É a super oxigenação do sangue e do cérebro a funcionar.

Outras dicas de limpeza espiritual

- Água benta: Borrife diariamente em casa ou no trabalho.
- Incensos: Os de arruda, cânfora, sete ervas e sal grosso são os melhores. Podem ser usados diariamente.
- Alfazema: Essência ou perfume. Coloque um pouco de alfazema e água benta num borrifador. Utilize todos os dias.
- Defumação: Higiene espiritual mais potente. A defumação deve ser feita uma vez por semana.  Utilize defumadores triangulares, facilmente encontrados em produtos religiosos. 

Para afastar energia negativa no trabalho

Deixe na sua mesa flores amarelas ou vermelhas para atrair a energia da riqueza.
Coloque uma foto sua com a pessoa amada no canto superior direito da mesa. Um par de anjos ou gatos também chama harmonia.
Tenha um pequeno espelho em sua mesa. Coloque-o na direção do sugador de energia.
Ande com um patuá com pingente de pimenta, olho grego, o cristal do seu signo, uma turmalina negra e um trevo de quatro folhas. Amarre tudo com uma fita amarela e uma vermelha.
Se possível, tenha vaso de alecrim, arruda e pimenta no ambiente de trabalho. Espada de São Jorge e comigo-ninguém-pode também são plantas boas para afastar energia negativa

Morar ou trabalhar em lugares com energia negativa é um atraso na nossa vida. Não conseguimos fazer nada, uma força puxa-nos para baixo. A vida profissional fica estagnada. A pessoa ou não consegue emprego, ou vive uma rotina stressada na empresa. Sem contar com os conflitos que são constantes. Quando estamos fragilizados, os sugadores de energia encontram o que precisam para se alimentarem.

Água benta, incenso, sal grosso e plantas. Tudo isso são elementos conhecidos por quem estuda a influência dos maus espíritos. Porém, todas as dicas que acima referi somente fazem efeito se você estiver em comunhão com Deus. Ore sempre.

Vigie seus pensamentos, mantenha sua casa ou ambiente de trabalho limpo e organizado, faça limpezas espirituais e ore. Dessa forma, as energias serão sempre positivas.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Wonder Laces - mais um exemplo do que bem se faz em Portugal

Nasceu para dar uma nova vida às sapatilhas que temos em casa, desafiando - através de aplicações - a criatividade e o estilo pessoal de cada um, de uma forma simples e económica. Chama-se WONDER LACES e é a primeira empresa portuguesa a dar resposta a uma nova tendência de moda estilizada. A WONDER LACES tem à frente Madalena Ruão Garcez, fundadora e gestora da marca que criou em Março deste ano. A responsável explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A WONDER LACES surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica. Atacadores, …

Portugal não está a arder, está a ser queimado!

Esta frase que alguém escreveu no facebook traduz tudo aquilo que me vai na alma perante o inferno de chamas que deflagra no nosso país desde ontem. "Portugal não está a arder, está a ser queimado"! Concordo plenamente porque só a mão criminosa de monstros que lucram com toda esta tragédia é capaz de ativar mais de 500 focos de incêndio por todos os distritos, à excepção de Beja e Faro, os únicos que escaparam a este inferno. Só peço que as autoridades investiguem a fundo, tenham mão pesada sobre os criminosos. Mudem a legislação. Façam-nos pagar bem caro por todo o mal que provocaram e vão continuar a provocar caso nada seja feito. E também não nos podemos esquecer das alterações climatéricas. Agora já não temos quatro estações. Ou está muito frio, ou está muito calor. Já não há fases intermédias para nos adaptarmos. Temos de acompanhar esta evolução, para muito pior como é óbvio. E prevenir. Sempre!




Perante tudo o que li, tudo o que ouvi só me apraz dizer que a culpa não é…