Avançar para o conteúdo principal

Forças que se perderam


Onde está este espírito do povo português?



Esta é uma pergunta que se adequa cada vez mais aos tempos de hoje e para a ilustrar escolhi esta foto da minha autoria foi tirada no Marco de Canaveses depois de uma ponte românica sobre o rio Douro que apela à bravura de um povo que impediu em tempos idos o avançdo das tropas francesas.
De facto onde anda este espírito de revolta, de conquista, de defesa do que é nosso por direito? É que depois de tantas e tantas manifestações já vimos que nada disto adianta para que o caos instalado se resolva.
"Dois milhões de portugueses vivem em situação de pobreza extrema", foi esta a notícia que ouvi há pouco no telejornal e me deixou de queixo caído. Nada que não estivesse à espera porque, infelizmente, também sinto estas dificuldades na pele há mais de um ano num sufoco diário valente, mas perante isto é caso para dizer que caímos mesmo no fundo do poço. Soluções? Não as vejo em lado nenhum, pelo menos por parte de quem de direito, neste caso os governantes que só fazem cortes e mais cortes, aplicam impostos e mais impostos, e ainda têm a lata de incentivar à poupança de quem vive a contar os tostoes até ao final do mês...e o cúmulo dos cúmulos dizem que pensavam que a crise não chegasse a este ponto porque estavam à espera que os portugueses gastassem mais? Como? Diga lá outra vez ou façam me um desenho para ver se percebo. Então como é que vamos gastar dinheiro que não temos para impulsionar a economia? Isto é mesmo de bradar aos céus e irrita-me de tal modo saber que vamos ter de levar com estes desgovernantes durante mais dois anos...quando está aì à porta a comemoração da Revolução de Abril quem me dera que houvesse um outro Salgueiro Maia porque acreditem estamos piores do que no tempo do fascismo...nunca vi o país em tal situação e sem nenhuma luz ao fundo do túnel...pessoas como eu vão tentando manter o otimismo, não é fácil, viver um dia de cada vez, lutando por aqui e por ali para fazer face às despesas, mas muitos há que não aguentam tal pressão e o resultado é o "acabar com a própria vida". Ainda hoje em Santo Tirso, uma cidade perto da minha casa, se suicidou mais um senhor, e pelos lados do vale do Ave os suícidios de novos e idosos não páram de aumentar a um ritmo assustador. Não tenho mais palavras porque custa-me imenso falar sobre isto (passei por um caso igual na família) mas só queria que as pessoas não perdessem a esperança, a fé em Deus, o sorriso, apesar de tudo....continuo a dizer que a vida é uma dádiva e mesmo que tudo pareça negro há sempre um pouco de cor que podemos acrescentar se tivermos ao nosso lado pessoas que se importam e gostam de nós. È nelas que temos de procurar a nossa força e partir para mais uma batalha diária sem nunca nos darmos por vencidos!
Muita força, luz, coragem e determinação para todos*************

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Feira de Artesanato de Vila do Conde 2016

Passatempo "Mini palete da Sephora"