Avançar para o conteúdo principal

Um guerreiro também precisa de descanso...




Quem me conhece verdadeiramente, e felizmente são muitos, está-me sempre a dizer "tu és uma guerreira, não te vás abaixo". Sim sinto-me uma guerreira de luz, essa é a minha missão na terra, mas confesso que, por vezes, precisava apenas de paz e sossego...de descansar...deixar o escudo e a espada de lado por momentos...e ir para um local sem destino, onde possa retemperar energias. São muitos anos de luta porque nunca nada me caiu do céu e orgulho me disso, desta minha capacidade de enfrentar os obstáculos mas como diz na frase acima "um sorriso não diz que está tudo bem". Essa é uma das minhas armas para não preocupar quem gosta de mim e também para não dar aquele "gostinho" aos invejosos e falsos. "Quando estamos bem devemos sempre mostrar o contrário e vice-versa", um dos conselhos da minha sábia avó que já partiu e muito me ensinou. Mas, às vezes, torna-se dificil esconder aquilo que nos vai na alma e temos de desabafar nem que seja para o papel.
Não sou de me fazer de vítima só eu própria possa derrubar as barreiras que me aparecem pela frente. Sei que isto não está fácil para ninguém (era bom que estivesse) mas como uma revoltada e desalinhada por natureza há muita coisa que me enfurece e, então, quando toca aos meus o caldo fica mesmo entornado.
Sou uma espalha-brasas porque sem ter duas caras digo o que penso e sinto sem medo de represálias...afinal quem faz isto não pode ser condenado...não nasci para agradar a ninguém nem causar boa impressão...sou eu própria com os meus defeitos e qualidades...e com uma historia de vida que dava para um livro. Talvez um dia pense nisso...porque também seria uma forma de ajudar os outros que já passaram ou estão a passar por situações com as quais me deparei...na altura fui abaixo, cai, mas depressa me levantei porque há que arregaçar as mangas e encarar de frente os problemas na procura de soluções.
Mas também se tudo fosse fácil nesta vida teria o mesmo sabor? Acho que não...temos de passar por muita coisa para crescer, amadurecer e encarar a vida com olhos de ver.
Aliás a minha veia artística permite-me ter um pouco dessa capacidade (ainda sou uma aprendiz ao pé de grandes talentos nacionais e estrangeiros) porque todos os artistas, seja em que área for, são dos mais revoltados na sociedade, envolvem-se em causas sociais e exprimem isso mesmo atraves do seu trabalho, tanto em músicas, como em pintura e por aí fora. Temos uma loucura dentro de nós, umas vez saudavel, outras nem tanto, mas está lá e somos diferentes...essa é a grande ousadia dos artistas. Não vão em rebanhos, pensam pela sua propria cabeça e mostram isso mesmo ao mundo, deixando verdadeiros legados para a posteridade. E também eles travam batalhas pois, por vezes, ouvem nãos e têm de arranjar forma de dar a volta por cima, começando por acreditar cada vez mais em si próprios.
Só que um guerreiro também precisa de descanso...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Feira de Artesanato de Vila do Conde 2016

Wonder Laces - mais um exemplo do que bem se faz em Portugal

Nasceu para dar uma nova vida às sapatilhas que temos em casa, desafiando - através de aplicações - a criatividade e o estilo pessoal de cada um, de uma forma simples e económica. Chama-se WONDER LACES e é a primeira empresa portuguesa a dar resposta a uma nova tendência de moda estilizada. A WONDER LACES tem à frente Madalena Ruão Garcez, fundadora e gestora da marca que criou em Março deste ano. A responsável explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A WONDER LACES surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica. Atacadores, …