segunda-feira, 31 de março de 2014

Movimento invade redes sociais


Como este meu cantinho também tem espaço para desabafos aqui vai um muito atual:

Tudo começou com um artigo publicado no jornal "A Folha de São Paulo" através da pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Económica Aplicada sobre a violência física contra as mulheres. 65 por cento dos homens inquiridos tiveram a "lata" de afirmar que toda a mulher que mostra o corpo merece ser atacada...e mais...a maioria também afirma que se a maioria das mulheres se soubessem comportar haveria menos estupros/violação! Entao a partir da ideia de uma blogger, Carol Melo, foi criado um movimento na rede social do facebook onde muitas mulheres postam fotografias sem roupa da cintura para cima apenas com um cartaz a tapar os seios e dizer "Eu não mereço ser estuprada"! Apoio a cem por cento esta causa e aqui fica o meu contributo...não me despi mas fica aqui para a posteridade a minha forma de revolta!
"Não ao estupro! Basta! Sim ao Respeito e Igualdade!"




Infelizmente em pleno século XXI há por aí muita mentalidade tacanha, retrógada e os predadores sexuais proliferam a um ritmo assustador. Cada vez tenho receio não pela minha geração que, de uma forma ou outra ainda se vai protegendo, embora muitos dos monstros continuem por aí à solta, mas pelos mais pequenos, pelas crianças, que, infelizmente, são também vítimas de graves abusos físicos, verbais e sexuais. Na sua maior parte perpetrados por familiares...pelos próprios pais....minha alma fica parva com tudo isto e sei que muitas mulheres e crianças sofrem em silêncio...um silêncio que doi, machuca, corrói por dentro...uma palavra de muita força e coragem para todas vocês que passaram por estas situações!!! Felizmente conheço uma amiga que passou pelo mesmo em criança e, como ela diz, a ferida cicatrizou mas ficou uma tatuagem para toda a vida...por isso já sabem se quiserem desabafar, têm aqui uma voz amiga, que garante total confidencialidade, e está aqui para vos ouvir e aconselhar-vos...gosto muito de ouvir os outros e se puder contribuir com uma palavra amiga para o lavar de muita raiva, mágoa acumulados eu estou aqui. Deixo aqui o meu email para onde podem falar comigo...não se acanhem, não tenham medo, pois o pior que podemos fazer, e falo por experiencia própria, é deixar tudo cá dentro!

Se precisarem de uma voz amiga estou aqui

susana.silva.cardoso@gmail.com


Sem comentários:

Enviar um comentário

AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...