domingo, 15 de março de 2015

Um virar de página...

A vida tem destas coisas, trazendo-nos alguns males que vêem por bem, como já dizia a minha avó. Há dias fechou-se um capítulo da minha vida, que já durava há 15 anos, ao qual já estava praticamente acomodada e que, bem lá no fundo, sabia que não iria sair da cepa torta. Era uma situação de profundo desgaste psicológico, com consequência ao nível da minha saúde, mas eu não podia fazer nada para combater esse mal porque caso contrário era pior a emenda do que o soneto. Já estava farta...pelos cabelos...já estava no meu limite...e por obra do acaso, ou com a força da mão divina, fechou-se este capítulo por vontade de outrém, o que me traz algumas vantagens e posso finalmente respirar de alívio, porque, por mais incrível que pareça, é uma sensação de plena libertação após décadas de pés e mãos amarradas.
Agora é virar a página e seguir em frente. Sei que tenho em mim a força necessária para esta reviravolta, que há tanto tempo desejava, mas pelo meio terei de ser muito forte, e sei que o vou conseguir. Não vai ser fácil mas felizmente tenho muito apoio, tanto da minha família como de amigos verdadeiros. Por isso, sem medo nem receios, vou seguir por outro caminho, pronta para a mudança que só me fará bem e a minha saúde também agradece.
Deus fechou-me uma porta mas sei que vai abrir-me a tão desejada janela, através da qual poderei concretizar novos sonhos e partir em buscas de outras conquistas a nível pessoal e profissional. Por estranho que pareça a tristeza já desapareceu...agora estou a recompor-me e dentro em breve estarei no meu melhor, pronta para o que der e vier. Sei que há algo de muito melhor à minha espera...pode demorar mas eu sou paciente e vou manter-me tranquila, sem nunca cruzar os braços.

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...