Avançar para o conteúdo principal

Abaixo os rótulos!

Já escrevi sobre este tema na minha página no facebook mas acho muito pertinente também abordá-lo aqui neste cantinho.
Como toda(o)s devem saber esta semana gerou-se uma enorme polémica pelo facto de a atriz Jéssica Athayde ter desfilado em biquini, sendo alvo de comentários indignos e que só mostram a futilidade que vai na mente de muitas pessoas...chegando ao extremo de lhe dizerem que estava gorda e mais umas quantas coisas que nem vale a pena aqui repetir.
Mas o que é isto? Voltamos então aos rótulos? Como isto me revolta e causa me cá uma repulsa que nem imaginam...mesmo que a miúda fosse gorda, baixa, alta, tinha todo o direito em fazer o que fez, porque ninguém tem nada a ver com isso. Muitos falam em dor de cotovelo, inveja...eu cá acho que é outra coisa mais grave ainda e sem cura...falta de valores, de princípios, de tudo!
A Jéssica é lindíssima, tem um corpo magnifico mas não é isso que a classifica como pessoa...nem de perto nem de longe....o que realmente importa é a nossa verdadeira essência que mora nos nossos corações! O interior para mim continua a sera maior riqueza de qualquer mulher ou homem...aí está o que nos diferencia dos outros!
Mas é à conta de comentários depreciativos como este, de pura auto-destruição, que as pessoas menos fortes se vão abaixo, se deixam abater por depressões, e, que em muitos casos, conduzem a situações gravíssimas como o suicídio, anorexia, bulimia e por aí fora.

MULHERES nós somos todas diferentes, somos seres únicos e especiais, quer sejamos gordas, magras, altas, baixas, com o rabo grande, seios pequenos, com umas rugas aqui ou acolá, uns cabelos brancos....eu também já senti isto na pele. Houve uma fase na minha vida em que estava muito magra mesmo, usava o tamanho XS para um pessoa que mede 1,70 m e pesava cerca de 50 kilos....tudo isto à conta de uma depressão...e na altura todo diziam "ai estás tão magra...vai ao médico...já viste a tua cara....ai não sei, não sei que mais...." Sim procurei ajuda mas não por estar magra...mas sim porque não estava bem em termos psicológicos....entretanto também já fui mais forte...agora estou no meio-termo...mas sempre me senti bem comigo própria e isso é o que realmente interessa.

Nunca nos podem colocar um rótulo por termos esta ou aquela aparência, por vestirmos uma roupa mais desportiva ou clássica, por termos esta ou aquela forma de pensar, por ouvirmos esta ou aquela música, gostarmos deste ou daquele cantor/escritor....somos o que somos e, acima de tudo, em primeiro lugar está nós e nós e nós.

A nossa auto-estima tem de estar sempre no nível máximo...temos de nos auto-valorizar...reconhecer as nossas capacidades e os nossos valores...claro que também temos defeitos, ninguém é perfeito...mas realçando as qualidades e pondo-as em prática amenizamos os nossos defeitos!

Eu sou feliz como sou...gosto muito de mim...e não há nada nem ninguém que me consiga deitar abaixo com palavras ou atitudes! Esta foi uma importante lição que aprendi quando fui tratada por um psicológo que me salvou a vida e faço dela um dos meus lemas de vida.

Por isso não liguem às opiniões alheias, simplesmente ignorem, livrem-se do que vos faz mal, rodeiem-se de pessoas que gostem de vocês tal como são, façam por ser felizes e, mesmo nas alturas de mais stress, tentem esboçar um sorriso para seguirem em frente nesta caminhada a que chamamos de vida!

Comentários

  1. eu também não entendo Susana, tanta polémica!!
    ainda por cima, ser mulheres a criticar a Jéssica. Mas o que é isto? Dor de cotovelo? Por amor de Deus, e defender as mulheres? o sexo feminino? enfim, pessoas que não estão contentes com a vida delas, criticam o próximo! :(
    #Sheforshe :)
    Beijinhos
    http://alebanac.blogspot.com

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Feira de Artesanato de Vila do Conde 2016

Passatempo "Mini palete da Sephora"