Avançar para o conteúdo principal

Nostalgia....




Quando chega a esta altura de festas natalícias vem sempre um sentimento de nostalgia, não só pelo passado mas também por aqueles que eu amava e ainda amo mas já não estão cá. Lembro-me tão bem dos meus Natais de infância, rodeada pelos meus tios e primos (mais de 20), somos uma grande família...recordo-me quando colocava a minha bota (uma bota a sério) debaixo da lareira e no dia 25 lá me levantava bem cedo para ir buscar o meu presente...como ficava feliz...ia logo acordar os meus pais porque o Pai-Natal, (eu acreditava mesmo no velhinho de barbas brancas) me tinha trazido aquilo que eu tinha pedido...num ano foi um piano, no outro uma boneca, a seguir um tambor....coisas de criança e de tempos muito felizes...na casa dos meus avós era a festa plena...mais de 40 pessoas à mesa, muito amor e carinho, muitas risadas, jogos para passar o tempo à espera da meia-noite, a ida à missa do galo, as belas iguarias, as brincadeiras com os primos....mas de repente tudo passa...cada um constrói a sua vida, vai para o seu lado, uns ficam perto, outros longe, vai-se perdendo aquela magia da quadra...aliás eu acho que só há magia quando somos crianças, depois, tudo muda, o tempo passa, crescemos, as ideias e a forma de pensar são outras...agora a família é mais pequena mas é a melhor que eu podia desejar, somos muito unidos e temos muito amor entre nós.

Apesar de tudo há sempre uma nostalgia no ar, aliada a uma saudade daqueles que já partiram...da minha avó, os meus avôs, a minha tia, os meus dois tios, pessoas que eu amava, e ainda amo muito...estão sempre no meu coração mas fazem muita falta e nestas alturas ainda mais...ainda por cima perdi pessoas que eu amava e me amavam até à eternidade, daquele amor, entendem, puro e verdadeiro, que cresce e nunca diminui...é triste, a saudade dói, mas a vida tem de continuar, com eles sempre no nosso coração...

Agora para mim o Natal é mais uma data no ano, nada de especial, apenas um dia a marcar o nascimento do Salvador, ele que tudo pode, e é uma época em que os sentimos mais nobres ficam mais exarcebados mas eu faço questão de os colocar em prática todos os dias do ano..afinal o que importante é estarmos com os que mais amamos, termos saúde e paz, porque o resto a gente arranja forma de conseguir com muita determinação e força.

Por isso façam por manter vivo o ano inteiro o espírito desta quadra, não se cansem de dizer que amam os vossos, façam o bem, sejam felizes e tenham fé, muita fé e esperança, vivendo um dia de cada vez...ah e nunca deixem morrer a criança que há em cada um de nós!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Feira de Artesanato de Vila do Conde 2016

Wonder Laces - mais um exemplo do que bem se faz em Portugal

Nasceu para dar uma nova vida às sapatilhas que temos em casa, desafiando - através de aplicações - a criatividade e o estilo pessoal de cada um, de uma forma simples e económica. Chama-se WONDER LACES e é a primeira empresa portuguesa a dar resposta a uma nova tendência de moda estilizada. A WONDER LACES tem à frente Madalena Ruão Garcez, fundadora e gestora da marca que criou em Março deste ano. A responsável explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A WONDER LACES surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica. Atacadores, …