terça-feira, 9 de junho de 2015

A dor da perda

Para mim não há maior dor do que a perda....a perda de um ente querido, de um amigo, de um sonho, do trabalho, de uma batalha, de uma vida...tenho imensa dificuldade em lidar com esta terrível dor. Sei que a maioria das pessoas também sente o mesmo e não falo de bens materiais mas sim de sentimentos, de emoções, de memórias, afinal é tudo o que nos resta quando uma parte de nós nos diz adeus e parte para bem longe. No coração fica sempre tudo guardado, nada é esquecido, e embora o tempo cure tudo, ou quase tudo, como lidar com os momentos em que nos vamos abaixo porque a saudade é tanta que já não cabe no peito e se transforma em lágrimas que teimam em cair pelo nosso rosto. Há menos de um mês perdi o meu avô paterno e a tristeza não vai embora...sinto falta de olhar para aqueles lindos olhos azuis carregados de bondade e fé apesar de todas as amarguras...sei que não podia sofrer mais, era desumano, e agora está num lugar bem melhor a olhar por todos nós. Mas sinto tanto a tua falta vô Manel...e nunca irei recuperar na totalidade porque por mais que estejamos a contar com este desfecho nunca estamos preparados. Logo depois faleceu um grande amigo meu...tinha a minha idade (35) e pergunto-me o porquê de Deus o ter levado tão cedo...tinha uma família linda, uma esposa que o amava, um filho que ele queria ver crescer..é tão triste, desolador, chega até a ser revoltante....dizem que a vida é assim mesmo...custa-me a aceitar tudo isto mas tenho de seguir em frente e amparar os que cá ficam...agora tenho mais duas estrelas no meu céu, já todo ele brilhante com outras pessoas que eu amava tanto...sei que são todos os meus anjos da guarda e nunca me irão abandonar porque o amor que sentíamos nunca se apagará, manter-se-á bem vivo cá dentro, alimentado pelas boas recordações e as doces palavras e sábios conselhos que ainda hoje sigo à risca na minha vida.


Beijinhos no coração de todos os meus que partiram...um dia a gente vai reencontrar-se! Amo-vos daqui até à eternidade! Olhem por mim e pelos meus!

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...