Avançar para o conteúdo principal

Sociedade doente

Esta sociedade está mesmo doente. Muito doente. E não sei se haverá cura. Infelizmente acho que só tem tendência para piorar, tamanhos são os horrores que vão acontecendo a cada dia, crimes hediondos, que há uns anos apenas pensávamos que aconteciam em filmes. O pior é que a fição tornou-se numa realidade capaz de nos despedaçar o coração, de nos fazer solução, de ficarmos completamente à toa e perplexos por aquilo que vai acontecendo.


Há poucos minutos vi no noticiário que um homem matou a ex-companheira a sangue frio, depois de já a ter ameaçado várias vezes por mensagens e telefonemas. Viajou de Matosinhos para Faro para acabar da forma mais cruel possível com a vida de uma mulher de apenas 31 anos. Ainda por cima no seu local de trabalho (um café) e perante o olhar de várias pessoas que lá se encontravam. Como é que isto é possível? Mais uma vítima às mãos de um ser doente, que só pode ter o diabo no corpo para cometer tamanha monstruosidade. Não há nada que justifique tal ato. Pena é que o homicida vai continuar a viver, embora o seu destino seja a prisão, mas acabou da forma mais cruel possível com a vida de outro ser humano. Possessivo? Psicopata? Monstro? Não sei o que lhe chamar a este individuo nem a todos os outro(a)s que ao longo deste ano já cometeram crimes semelhantes.

Um pai esfaqueou o próprio filho com apenas seis meses, outro matou quatro pessoas (ex-mulher, sogros e enteado), mais uma causou queimaduras ao filho bebé e por aí fora....são tantos, mas tantos casos de tamanhos contornos que nos fazem colocar tudo em causa...aqui só vejo vítimas e culpados, não vejo justificações porque crimes desta natureza são injustificáveis.

Matar o próprio filho? Assassinar ex-mulheres? Mas que mentes são aquelas? Que seres são estes? No que se transformou esta sociedade? Será que estamos todos em perigo? Tantas dúvidas me passam pela cabeça e não encontro nenhuma resposta porque fico de tal forma perplexa e com o coração despedaçado que só peço a Deus que nos proteja sempre de todos os males, e que o nosso anjo da guarda nunca nos desampare.

Precisa-se de uma cura urgente porque a cada dia que passa não me sai da cabeça o que a minha avô, minha segunda mãe que já partiu me dizia há mais de 20 anos. "Filha um dia vamos ver coisas do outro mundo, que não lembram a ninguém, que nos vão deixar de boca aberta. Será o fim do mundo tal como o conhecemos para se transformar num outro tão negro, tão sem nada que vai doer muito"!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Feira de Artesanato de Vila do Conde 2016

Passatempo "Mini palete da Sephora"