Avançar para o conteúdo principal

Formação gratuita na UE




Consequência da grave crise financeira instalada no nosso país e um pouco por toda a Europa muitos jovens não têm possibilidades de terminar os seus cursos superiores, desistindo a meio das licenciaturas porque não têm como suportar as despesas mensais. A pensar nisso, foi criada pela União Europeia (UE) uma plataforma online onde se poderá realizar cerca de 40 cursos de nível universitário em diversas áreas sem qualquer custo durante o período de formação.
A Massive Open Online Courses (MOOC) já foi inaugurada, e estará disponível em 12 idiomas, incluindo a língua portuguesa. Esta iniciativa partiu da Associação Europeia de Universidades de Ensino à Distância (EADTU) que pretende, assim, facultar às pessoas “o acesso a uma edução de qualidade sem saírem de casa”. O apoio de várias universidades abertas espalhadas por Portugal, França, Rússia, Turquia, Espanha e Reino Unido foi essencial para a concretização deste objetivo e, de acordo com o comissário europeu para a Educação, Androulla Vassiliou, este projeto pretende assegurar "uma educação aberta a dezenas de milhares de estudantes e incentivar as nossas escolas e universidades a adotar métodos de ensino mais inovadores e flexíveis".
As áreas abrangidas vão desde a matemática, passando pela economia, e-sskills, e-commerce, ambiente, cultura, línguas e escrita. O acesso aos cursos e ao período de formação, que poderá variar entre as 20 e as 200 horas, é gratuito mas os diplomas e certificados terão, no final, de ser pagos, variando o preço entre os 25 e 400 euros, tudo dependendo da área escolhida e também do estabelecimento de ensino. No comunicado emitido pela UE pode ler-se ainda que “todos os cursos podem levar a uma certificação completa, uma distinção ou um crédito certificado que poderá equivaler a um grau de ensino". No fim de contas, tratam-se de boas notícias porque, pelo menos, o período de leccionação é grátis, será feito na comodidade do lar e de acordo com a disponibilidade dos alunos, e só depois de concluído se pagará pelo respetivo certificado. Para os interessados aqui fica o link de acesso à plataforma onde podem consultar todas as informações e requisitos necessários http://www.openuped.eu/.
Susana Cardoso

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Marcas portuguesas de roupa, acessórios, calçado e lingerie

Porque o que é Nacional é bom (este sempre foi um dos meus lemas, lutar e diovulgar aquilo que de melhor se faz no nosso país) andei a fazer uma pesquisa intensiva na internet e deparei me com todas estas marcas portuguesas, na sua maioria expandidas além-fronteiras. Grande parte já conhecia mas outras não e fiquei admirada pela qualidade e beleza das suas coleções. Claro que existem muitas mais mas o post já estava a ficar muito extenso e então selecionei apenas estas! Afinal nós somos muito bons no que fazemos...temos é deixar de lado aquela mentalidade de "coitadinhos" e arriscar, seguir em frente, sem nunca olhar para trás. Estas marcas são a prova disso mesmo. Resultaram do arrojo de pessoas como nós que tinham um sonho e lutaram por ele. Hoje são um caso de sucesso. Uma vénia e aplausos para todos os seus responsáveis. 
No topo das minhas preferências está a One, Lanidor, Salsa, Tiffosi, Parfois...fiquei surpreendida e completamente rendida à Sonne Butti, Scripta, Ria…

Feira de Artesanato de Vila do Conde 2016

Wonder Laces - mais um exemplo do que bem se faz em Portugal

Nasceu para dar uma nova vida às sapatilhas que temos em casa, desafiando - através de aplicações - a criatividade e o estilo pessoal de cada um, de uma forma simples e económica. Chama-se WONDER LACES e é a primeira empresa portuguesa a dar resposta a uma nova tendência de moda estilizada. A WONDER LACES tem à frente Madalena Ruão Garcez, fundadora e gestora da marca que criou em Março deste ano. A responsável explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A WONDER LACES surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica. Atacadores, …