domingo, 20 de outubro de 2013

A oração que me salvou...



Como pessoa muito sensível, por vezes em demasia, sou profundamente afetada por sentimentos que repudio como a ingratidão, a mentira, a falsidade, a traição, as injustiças sociais, e tantos mais...no fundo sei que sou uma guerreira porque ao longo dos meus 34 anos já passei por tanto nesta vida (um dia estou a pensar seriamente em escrever mais um livro) e, quando me sentia mais em baixo, havia algo que me puxava sempre para cima. Num desses períodos mais conturbados, onde me deixei abater por uma grande depressão, o presente melhor que me poderiam ter oferecido foi esta oração, que anda sempre comigo na carteira...e quem me ofereceu o miminho que eu tanto estava a precisar? a minha mãe é claro...uma verdadeira força da natureza, um grande exemplo de vida e um dos pilares da minha existência...é a minha melhor amiga e confidente, e, por isso, amo-o até à eternidade!
Aqui vos deixo com o célebre poema "Pegadas na areia"

"Um dia tive um sonho...sonhei que andava a passear na praia com o Senhor e, no firmamento, passavam cenas da minha vida. Após cada que passava, percebi que ficavam dois pares de pegadas na areia: um era o meu e o outro era do Senhor. Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia. Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver. Isso aborreceu-me deveras e perguntei então ao Senhor: "Senhor Tu disseste-me que uma vez que resolvi seguir-te Tu andarias sempre comigo, em todos os caminhos, Contudo, notei que durante as maiores tribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo porque é que nas horas em que eu mais necessitava de Ti, Tu me deixaste sozinho".
O Senhor respondeu-me: " Meu querido filho, jamais te deixaria nas horas da prova e do sofrimento. Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exactamente aí que eu peguei em ti ao colo"!

Por isso por mais que vos pareça dificil ou quase impossível determinada situação nunca percam a esperança e a fé porque ela move montanhas. E é nesses momentos que mesmo estando sozinhos de facto não estamos. Temos sempre Ele ao nosso lado, a guiar-nos, a mostrar-nos uma luz, um sinal e a indicar-nos que nos devemos reerguer e partir novamente para a luta. Um guerreiro de luz é assim. E eu sinto-me uma guerreira de luz!!!!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQVA, dermacosméticos com água termal portuguesa

Tal como acontece com outras instâncias termais internacionais - de que são exemplo a Avene, Vichy, La Roche Posay e a Uriage - também as T...